A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Agosto de 2019

13/12/2018 16:23

Com chapa única, grupo de oposição à prefeita vence eleição na Câmara

Tropa de choque de Délia Razuk perdeu todos os recursos e ainda viu chapa ser dissolvida após afastamento de dois integrantes que estão presos há oito dias

Helio de Freitas, de Dourados
Observado por Daniela Hall e Marçal Filho, Alan Guedes assina ata após vencer eleição para comandar a Câmara (Foto: Helio de Freitas)Observado por Daniela Hall e Marçal Filho, Alan Guedes assina ata após vencer eleição para comandar a Câmara (Foto: Helio de Freitas)

O vereador Alan Guedes (DEM) vai comandar a Câmara Municipal de Dourados no biênio 2019-2020. Ele foi eleito nesta tarde em eleição com chapa única após a dissolução da chapa concorrente, que teve o candidato a presidente Pedro Pepa (DEM) e o candidato a segundo secretário Pastor Cirilo Ramão (MDB) presos na Operação Cifra Negra, há oito dias.

Centenas de pessoas lotaram a Câmara da segunda maior cidade de MS nesta tarde para acompanhar a eleição. A maioria protestou contra os aliados dos vereadores presos e defendeu a candidatura de Alan Guedes como demonstração de independência em relação ao Poder Executivo.

A vitória de Alan Guedes por 10 votos a 8 e uma abstenção representa derrota para a base aliada da prefeita Délia Razuk (PR), que estava fechada com a chapa de Pedro Pepa, mas viu a eleição ir por água abaixo após a prisão do então candidato.

Com o afastamento pela Justiça dos vereadores presos e posse dos suplentes Toninho Cruz (PSB) e Marcelo Mourão (PRP), a oposição passou a ter maioria na Casa – 10 votos a 9.

Antes da votação, feita de forma nominal, o plenário votou e rejeitou por 10 votos a 9 duas questões de ordem da base aliada – anulação da eleição e substituição dos vereadores presos.

Com o resultado, a Mesa Diretora comunicou da tribuna que a chapa “Legislativo Forte” seria dissolvida, já que metade dos membros tinha sido afastada dos mandatos. Como a eleição é feita em “chapa fechada”, sem a opção de votação por cargo, apenas a chapa de Alan Guedes ficou apta para a disputa.

Sob protesto dos vereadores da base aliada da prefeita, Alan Guedes recebeu 10 votos favoráveis e oito contra. O vereador Romualdo Ramim (PDT), que integra a tropa de choque de Délia Razuk, se absteve.

O vice presidente eleito é o vereador Elias Ishy (PT) e o primeiro secretário é Sérgio Nogueira (PSDB). A atual presidente Daniela Hall (PSD) continuará na Mesa Diretora, agora como segunda secretária.

Câmara de Dourados durante sessão extraordinária para eleição da Mesa Diretora, nesta tarde (Foto: Helio de Freitas)Câmara de Dourados durante sessão extraordinária para eleição da Mesa Diretora, nesta tarde (Foto: Helio de Freitas)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions