ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Contador do “Clã Morinigo” é capturado na fronteira com MS

Luis Alberto Benitez Escobar era procurado desde setembro de 2020 e foi preso na rua, em Pedro Juan Caballero

Por Helio de Freitas, de Dourados | 16/03/2022 12:31
O contador Luis Alberto Escobar, preso hoje, em Pedro Juan Caballero. (Foto: Divulgação)
O contador Luis Alberto Escobar, preso hoje, em Pedro Juan Caballero. (Foto: Divulgação)

Contador apontado como operador do esquema de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas para o “Clã Garcia Morinigo” foi preso hoje (16), em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), a 313 km de Campo Grande.

Luis Alberto Benitez Escobar teve a prisão decretada no Paraguai em setembro de 2020, na primeira fase da Operação Status, desencadeada em conjunto pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai e pela Polícia Federal brasileira.

Na manhã desta quarta-feira, agentes especiais da Senad prenderam o contador no meio da rua, no centro da capital do Departamento de Amambay e separada apenas por uma rua do território sul-mato-grossense.

Fazendas, mansões e prédios comerciais pertencentes a membros da quadrilha no país vizinho já foram confiscados pelo governo paraguaio.

Segundo a investigação binacional, a organização criminosa para a qual o contador preso hoje trabalha é comandada pelo sul-mato-grossense Emidio Morinigo Ximenes, 65, e pelos filhos dele, Kleber Garcia Morinigo, 43, e Jeferson Garcia Morinigo, 35.

Presos no Paraguai, eles foram entregues à PF. Em setembro do ano passado, o TRF (Tribunal Regional Federal) da 3ª Região revogou a prisão de Emidio Morinigo. Os filhos dele continuam presos no Presídio Federal de Mossoró (RN).

Nos siga no Google Notícias