A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

05/10/2014 12:25

Em aldeias, seções têm longas filas e demora de dois minutos para voto

Helio de Freitas, de Dourados
Índios formam fila para votar em escola da aldeia Jaguapiru, em Dourados (Foto: Ademir Almeida)Índios formam fila para votar em escola da aldeia Jaguapiru, em Dourados (Foto: Ademir Almeida)

É intenso o movimento de eleitores na reserva indígena de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Com 12 mil habitantes e pelo menos cinco mil eleitores, as aldeias Bororó e Jaguapiru são habitadas por índios das etnias guarani-kaiowá e terena. A segurança foi reforçada neste dia de eleição. Agentes da Força Nacional, da Polícia Federal e da Polícia Civil permanecem nos locais de votação.

A Escola Municipal Tengatuí Marangatu, na aldeia Jaguapiru, concentra as seções eleitorais com o maior número de eleitores. Mesários entrevistados pelo site Dourados News informam que os índios estão demorando em média dois minutos para votar nos cinco candidatos, o que torna as filas ainda mais longas.

O supervisor da seção eleitoral Vilson Leonardo Garcia disse ao site douradense que apesar das filas e grande concentração de eleitores na escola, até agora não houve nenhum problema e todas as urnas funcionam normalmente.

Por decisão da Justiça Eleitoral, os índios podem votar apresentando o título de eleitora ou o Rani (Registro Administrativo de Nascimento Indígena), que substitui o documento oficial de identidade.

Analfabeta e aos 88 anos de idade, a índia Antônia Vilhalba não deixou de exercer a democracia e foi votar na escola da reserva. Para conseguir registrar os cinco votos ela contou com a ajuda do neto.

Habitando em aldeias que se tornaram bairros da periferia de Dourados, onde os problemas são idênticos ou até maiores que os da cidade, os guarani-kaiowá e os terena votam cobrando mais atenção da classe política, principalmente para conter a violência que afeta as duas aldeias.

Antônia Vilhalba, 88 anos, contou com a ajuda do neto para conseguir votar (Foto: Ademir Almeida)Antônia Vilhalba, 88 anos, contou com a ajuda do neto para conseguir votar (Foto: Ademir Almeida)
Homem é socorrido em estado grave após ser ferido com cinco facadas
Jovem de 26 anos foi ferido com pelo menos cinco facadas, na madrugada de hoje (26), na Avenida Brasil, no Bairro Centro, em Campo Grande. Genaro Fl...
Homem é preso por comércio ilegal e 216 kg de pescado são apreendidos
Equipes da PMA (Polícia Militar Ambiental) e Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) prenderam em Anastácio - cidade localizada a 1...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions