A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/09/2016 09:06

Greve dos bancários fecha 49 das 54 agências de 13 cidades da região

Helio de Freitas, de Dourados
Todas as agências de Dourados estão sem atendimento ao público (Foto: Divulgação)Todas as agências de Dourados estão sem atendimento ao público (Foto: Divulgação)

Das 54 agências bancárias existentes em Dourados e outras 12 cidades da região, 49 não devem abrir nesta segunda-feira (12), sétimo dia da greve dos empregados de banco, iniciada na semana passada em todo o país.

O diretor de imprensa do Sindicato dos Bancários de Dourados e Região, Janes Estigarribia, disse que até sexta-feira eram 43 agências fechadas, mas hoje outras seis não terão expediente em função da adesão dos funcionários.

“Amanhã tem outra rodada de negociação com os bancos, mas para hoje a expectativa é de crescimento do movimento. As agências de Rio Brilhante e Caarapó aderiram nesta segunda”, afirmou o sindicalista.

Nos setores de autoatendimento das agências em Dourados, o dia deve ser mais uma vez de tumulto, como ocorreu na sexta, com filas nos caixas eletrônicos, falta de dinheiro para saque e compensação no mesmo dia apenas de depósitos feitos até 12h.

Segundo o sindicalista douradense, a proposta apresentada pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) na sexta-feira ficou “muito aquém das expectativas”. Os bancos ofereceram reajuste de 7% no salário e abono de R$ 3,3 mil.

“O índice apresentado não cobre, sequer a inflação do período, já que o INPC de agosto fechou em 9,62%, e representa uma perda de 2,39% para cada bancário. Não tinha como levar essa proposta para apreciação da categoria, por isso, o Comando Nacional dos Bancários rejeitou, na própria mesa de negociação”, afirmou.

Entre as reivindicações dos bancários estão reposição da inflação do período (9,62%) mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24), participação nos lucros de três salários mais R$ 8.317,90, fim da terceirização, mais segurança e melhores condições de trabalho.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions