ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  26    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Homem é flagrado na cama com “namorada” de 11 anos de idade

Aos conselheiros tutelares, menina contou que mantinha relações sexuais com o namorado desde os 10 anos

Por Helio de Freitas, de Dourados | 25/11/2021 15:08
Homem 24 anos está preso em Dourados por namorar criança de 11 anos. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)
Homem 24 anos está preso em Dourados por namorar criança de 11 anos. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Homem de 24 anos de idade está preso em Dourados, a 233 km de Campo Grande, depois de ser flagrado na cama com uma menina de 11 anos. A criança seminua estava no quarto da casa em que o homem mora com a família, no Jardim Jóquei Clube, região leste da cidade. O homem foi autuado em flagrante por estupro.

Ele alegou que a criança é sua namorada e que mantém relacionamento com a menina há pelo menos seis meses. Ele negou prática de sexo entre os dois, mas a garota contou aos conselheiros tutelares que ela mantém relações sexuais com o namorado desde que tinha 10 anos.

Segundo apurado pelo site Dourados News, o homem foi preso ontem (24), após denúncia à Guarda Municipal revelar suposto crime de estupro de vulnerável envolvendo um adulto e uma criança.

Acompanhados de conselheiros tutelares, os guardas foram até a casa. Quando chegaram ao endereço, houve certa resistência dos moradores em permitir a vistoria, mas depois as equipes foram autorizadas a entrar e encontraram a menina seminua no quarto.

O suspeito tentou se esconder, mas foi localizado embaixo da cama e detido. Ele resistiu para não ser preso e teve de ser algemado pelos guardas.

Já na delegacia, duas irmãs dele acusaram a menina de mentir sobre o relacionamento. Elas também teriam ofendido os conselheiros tutelares e foram detidas. A criança disse que estava na casa do namorado há pelo menos três dias.

A mãe do homem confessou que sabia namoro do filho adulto com a menina. Segundo ela, os vizinhos também tinham conhecimento do fato. O homem está em uma cela na 1ª Delegacia de Polícia Civil. Os responsáveis pela criança também serão indiciados por omissão no caso.

Durante audiência de custódia, na tarde de hoje, o juiz Deyvis Ecco decretou a prisão preventiva do acusado. Logo após a decisão judicial, ele foi levado para a Penitenciária Estadual de Dourados.

*Matéria alterada às 16h48 para acréscimo de informações.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário