ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 17º

Interior

Mãe sofre acidente minutos depois de adolescente morrer atropelado por caminhão

Vìtima estava a caminho do hospital quando sofreu o acidente

Por Gustavo Bonotto e Helio de Freitas, de Dourados | 10/06/2024 22:18
Cruzamento onde ocorreu o acidente entre caminhão e moto; adolescente morreu. (Foto: Reprodução/Google Street View)
Cruzamento onde ocorreu o acidente entre caminhão e moto; adolescente morreu. (Foto: Reprodução/Google Street View)

Pamela Rodrigues Correia, de 31 anos, sofreu acidente de trânsito minutos depois de descobrir que o filho, Welliton Matheus Rodrigues da Silva, 16 de idade, havia morrido ao ser atropelado por um caminhão. Os casos aconteceram na manhã desta segunda-feira (10), em Sitioca Campina Verde, região sul de Dourados, distante 251 quilômetros de Campo Grande.

A reportagem apurou que a mulher, ao ficar sabendo do acidente do filho, estava indo para o Hospital da Vida em uma motocicleta quando sofreu o sinistro. A dinâmica, no entanto, não foi divulgada à imprensa.

Pamela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros Militar, está hospitalizada e, com o impacto, teve o fêmur quebrado. Ela deve passar por cirurgia nas próximas horas.

De acordo com boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário, o acidente que vitimou Welliton ocorreu por volta de 12h40 na Rua Nelson Vicente de Almeida com Leonardo Moraes Bonito.

O adolescente estava em uma motoneta paraguaia e bateu na traseira do caminhão após o condutor do veículo de carga invadir a preferencial. O caminhoneiro de 31 anos de idade vai responder por homicídio culposo (sem intenção) por ter causado o acidente ao invadir a preferencial.

Pilotando a motoneta, o adolescente seguia pela Nelson Vicente de Almeida, que é preferencial. O caminhão seguia pela Leonardo Moraes Bonito e não respeitou a parada obrigatória.

Welliton Matheus foi socorrido pelo próprio pai até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), na Avenida Coronel Ponciano. Ele chegou em parada cardiorrespiratória. Segundo a ocorrência, os socorristas tentaram reanimá-lo por 52 minutos, sem sucesso. O jovem morava no mesmo bairro onde ocorreu o acidente. O caminhoneiro também reside em Dourados, no Jardim São Pedro.

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok

Nos siga no Google Notícias