A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/05/2016 10:50

Mulher de 56 anos é a 3ª moradora de Naviraí a morrer de gripe A na semana

Marley Dalbosco foi transferida do hospital de Naviraí para Dourados na quarta-feira; laudo médico confirma complicações por H1N1; é a 15ª morte pelo vírus Influenza neste ano em Mato Grosso do Sul

Helio de Freitas, de Dourados
Foto de Marley postada no último dia 30 na rede social. (Foto: Reprodução Facebook)Foto de Marley postada no último dia 30 na rede social. (Foto: Reprodução Facebook)

Foi confirmada hoje (13) mais uma morte por gripe transmitida pelo vírus Influenza H1N1 em Mato Grosso do Sul. É a 15ª causada pela doença neste ano no Estado – mais que o dobro do número de óbitos de 2015, quando sete pessoas morreram em MS.

Outro fato preocupante é que trata-se de mais uma moradora de Naviraí, cidade a 366 km de Campo Grande, a morrer de gripe, o terceiro caso em uma semana.

Marley Dalbosco, 56, morreu no Hospital da Vida, em Dourados, para onde tinha sido transferida na quarta-feira, depois de ser atendida no hospital de Naviraí. Ela passou dois dias na ala vermelha do hospital, mas não reagiu ao tratamento e morreu hoje cedo.

De acordo com a direção técnica do hospital, o laudo médico atesta que Marley estava com pneumonia e morreu de complicações provocadas pela gripe H1N1.

Natural do Rio Grande do Sul, Marley era formada em comunicação empresarial e marketing e trabalhava em uma empresa de venda de consórcio em Naviraí. Familiares publicaram na rede social Facebook que o corpo será levado para Corbélia, no interior do Paraná.

Outras mortes – Na quarta-feira (11), a Gerência de Saúde de Naviraí confirmou outras duas mortes por gripe transmitida pelo vírus. Segundo a gerente municipal de Saúde, Anelize Coelho, as duas mulheres – uma de 59 anos e outra de 66 – não tinham tomado a vacina.

Assim como Marley, que tinha 56 anos, uma das outras vítimas da doença estavam fora dos grupos considerados de risco pelo Ministério da Saúde, que só libera a vacina para pessoas de 60 anos acima.

Com o caso confirmado hoje, subiu para 15 o número de mortes causadas pelo vírus da gripe em Mato Grosso do Sul. Em uma semana foram seis novos casos, conforme boletim epidemiológico divulgado quarta-feira pela Secretaria Estadual de Saúde.

Além das três moradoras de Naviraí, as outras mortes ocorreram em Juti, Aquidauana e Três Lagoas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions