ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 23º

Interior

No 2º sequestro em menos de 15 dias, mais um menonita desaparece na fronteira

O menonita Pedro Reimer, de 23 anos, trabalha como eletricista e teria sido sequestrado por volta das 17h

Por Adriano Fernandes e Helio de Freitas | 06/12/2021 21:25
Policiais empenhados nas buscas pela vítima. (Foto: Direto das Ruas) 
Policiais empenhados nas buscas pela vítima. (Foto: Direto das Ruas)

A polícia paraguaia tenta localizar mais uma vítima de sequestro no departamento de San Pedro,Paraguai, região dominada por grupos de guerrilheiros armados que aterrorizam a faixa de fronteira do país vizinho.

O menonita Pedro Reimer, de 23 anos, trabalha como eletricista na fazenda Guyra Campana e morava no Bairro de Río Verde. Ele teria sido levado por volta das 17h desta segunda-feira nas proximidades das fazendas La Yeya, Lucipar e Guyra Campana, conforme o portal paraguaio Ultima Hora.

Informação extraoficial é de que os sequestrados já teriam pedido de resgate para a libertar o homem. Ao portal paraguaio tenente-coronel Luis Apesteguía, porta-voz da FTC (Força-Tarefa Conjunta), informou que um grande número de agentes militares, além da Polícia Nacional estão mobilizados nas buscas pelo jovem.

Os sequestros semelhantes tem se tornado cada vez mais comum na região. Os menonitas tem se tornado os principais alvos dos menonitas, por viveram no território comandado pelo crime organizado.

Em 22 de novembro, outro colono menonita Helmut Ediger desapareceu junto com dois trabalhadores de sua propriedade em San Pedro e, em seguida, eles foram encontrados mortos. A maior parte dos sequestros e ataques a fazendas são atribuídos pelo governo e forças policiais paraguaias ao Exército do Povo Paraguaio.




Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário