ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Preferiu usar: jovem é pego após comprar videogame com cartão encontrado na rua

O jovem de 19 anos foi ouvido, liberado porque estava fora do flagrante e vai responder pelo crime de furto

Por Danielly Escher | 30/11/2023 15:25
Caixa de som e videogame comprados pelo jovem com cartão de outra pessoa (Foto: Polícia Civil)
Caixa de som e videogame comprados pelo jovem com cartão de outra pessoa (Foto: Polícia Civil)

Um jovem de 19 anos foi pego pela polícia porque em vez de tentar devolver um cartão encontrado na rua, preferiu ir às compras. Pagou, com dinheiro de outra pessoa, uma caixa de som e um videogame. Assim, foi identificado, levado até a delegacia onde confessou o crime, indiciado por furto e liberado porque não foi pego em flagrante. O caso foi em Bataguassu, distante 311 quilômetros de Campo Grande, e "ele já é conhecido por conta de outras ocorrência similares", informou a Polícia Civil em nota.

Os produtos comprados pelo jovem com o cartão que tinha sido perdido por um homem de 40 anos foram apreendidos nesta quinta-feira (30).

As investigações começaram quase duas semanas atrás, no dia 18, quando a vítima procurou a delegacia para informar que tinha perdido a carteira e, com isso, levado um prejuízo de R$ 600 na conta bancária. Segundo ele, além dos documentos pessoais, dentro da carteira estava o cartão de crédito e quem encontrou fez compras no comércio local.

Após a perda, a vítima conseguiu recuperar os documentos encontrados na rua, mas o cartão não tinha sido encontrado. Ao verificar a conta bancária, foi surpreendido com a quantia a menos e pelo extrato descobriu a compra.

O crime de furto tem pena que varia de 1 a 4 anos de reclusão, de acordo com a legislação vigente, e segundo a polícia de Bataguassu, ocorrências com uso de cartões têm sido cada vez mais comuns. Nesta quinta-feira, uma moradora da cidade procurou a delegacia para contar que foi vítima de roubo em Presidente Prudente, cidade próxima de Bataguassu, na divisa entre Mato Grosso do Sul e São Paulo.

A caminho de uma consulta médica, ela foi abordada por pessoas que disseram estar fazendo uma pesquisa sobre vacinação da covid-19. O cartão de aproximação da vítima estava dentro da bolsa e segunda a polícia, durante estas abordagens, enquanto distraem as vítimas com perguntas, os bandidos encostam a máquina na bolsa e fazem a transação. A pessoa só percebe depois. No caso dela, foi feita uma compra de R$ 470 dividida em oito vezes. A vítima descobriu ao tentar passar o cartão em uma loja e foi informada que não havia limite.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias