ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  16    CAMPO GRANDE 19º

Interior

Preso suspeito de executar jovem com 3 tiros na fronteira

Ayslan Riquelme Miguel, de 22 anos, foi morto por um homem conhecido como Juninho

Por Adriano Fernandes e Helio de Freitas | 19/09/2021 19:38
Suspeito do crime sendo contido pelos policiais civis de Ponta Porã. (Foto: Direto das Ruas)
Suspeito do crime sendo contido pelos policiais civis de Ponta Porã. (Foto: Direto das Ruas)

A Polícia Civil de Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande, prendeu o autor dos disparos que levaram o jovem Ayslan Riquelme Miguel, de 22 anos, a morte na madrugada deste domingo (19). A identidade do suspeito, que é conhecido como Juninho, bem como o local onde ele foi encontrado e outros detalhes da prisão, ainda não foram divulgados pela polícia.

Testemunhas contaram à polícia, que o atirador invadiu a casa de Ayslan, na Rua Recife, na Vila Áurea, gritando: “Sai daí safado” e, na sequência, disparou 3 vezes contra a vítima. Após o crime, o suspeito fugiu pelos fundos da residência, que dá de fundos para uma área de mata. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil do município.

Histórico - Ayslan tinha várias passagens pela polícia. Em uma delas, quando tinha 19 anos, o rapaz foi detido por suspeita de fazer parte de uma quadrilha especializada em roubos e furtos de motocicletas. Ele e os comparsas, conforme a polícia na época, agiam com violência nas regiões de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário