ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Primeiro dia de vacinação anticovid em escolas do Paraguai tem baixa procura

País vizinho começou hoje campanha para vacinar 200 mil estudantes acima de 12 anos

Por Helio de Freitas, de Dourados | 22/11/2021 15:38
Estudante é vacinada em escola de Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã. (Foto: ABC Color)
Estudante é vacinada em escola de Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã. (Foto: ABC Color)

A campanha para vacinar estudantes acima de 12 anos contra a covid-19 começou com baixa procura nesta segunda-feira (22), no Paraguai, país que tem pelo menos 1.350 quilômetros de fronteira com Mato Grosso do Sul. Existe clara resistência dos pais paraguaios em levar os filhos para receber o imunizante.

Na Escola Básica Cerro Corá, em Pedro Juan Caballero (cidade separada por uma rua de Ponta Porã), apenas 30 alunos tomaram a vacina hoje. O estabelecimento de ensino é um dos 24 existentes no departamento (equivalente a estado) de Amambay, cuja capital é Pedro Juan. A maioria fica no perímetro urbano dessa cidade.

A 13ª Região Sanitária, que abrange Amambay, espera aumento da procura nos próximos dias, já que muitos pais trabalham e não puderam levar os filhos para receber a vacina no primeiro dia.

Com a campanha “Me vacino em aula”, o governo paraguaio quer aumentar a imunização da população e evitar nova onda da doença, como já ocorre em países europeus. O Paraguai registrou até agora 16.354 mortes pela covid-19, que infectou 462 mil dos 7 milhões de habitantes.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário