A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Novembro de 2017

21/01/2012 14:06

Rapaz avisa à Polícia que tem arma e pede para ser preso

Nadyenka Castro

Osvaldo Júnior Caveira da Silva, 21 anos, disse aos policiais que tinha as armas em casa, perguntou o que aconteceria com ele e pediu para ser levado para Dourados

Em Novo Horizonte do Sul, a 329 quilômetros de Campo Grande, um rapaz de 21 anos disse à Polícia que tinha armas de fogo, pediu para ser preso e teve o ‘desejo’ realizado.

De acordo com boletim de ocorrência, por volta da 1h15min deste sábado, Osvaldo Júnior Caveira da Silva apareceu no batalhão da PM (Polícia Militar) e disse aos policiais que tinha um revólver calibre 38, outro calibre 32, uma espingarda e munições.

Em seguida, perguntou aos militares o que aconteceria com ele e foi informado que seria preso por porte ilegal de arma de fogo.

Osvaldo então pediu para os policiais irem até sua casa. Com receio de ser uma emboscada, os militares falaram para o rapaz levar as armas até a unidade.

O jovem concordou e pediu para ser levado para o Presídio de Segurança Máxima Harry Amorim Costa, em Dourados.

Aproximadamente cinco minutos depois os policiais foram atrás dele e o flagraram com uma espingarda caminhando em direção ao batalhão.

A cartucheira calibre 32 desmuniciada foi apreendida e Osvaldo preso em flagrante. Foram feitas buscas e nenhuma outra arma de fogo foi encontrada.

MPE entra com ação e consegue suspender do 'Dourados Brilha 2017'
Após as 16ª e 10ª promotorias de Justiça de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - entrarem com ação, a Justiça estadual concedeu li...
'Ônibus da Saúde' fará neste sábado atendimentos em Fátima do Sul
O programa de prevenção "Ônibus da Saúde", realizado pela Cassems, levará atendimento especializado em oncologia até Fátima do Sul - cidade localizad...
Justiça determina que prefeitura suspenda cobrança da taxa de lixo
Decisão tomada pela Justiça Estadual determinou que a prefeitura de Bataguassu - cidade localizada a 335 km de Campo Grande - suspenda a cobrança da ...


Coisa de doido e ao mesmo tempo, louvável tal atitude.
Alguém aí abaixo falou do Estatuto do Desarmamento, se não estou enganado o caro poderia faturar pelo menos R$100,00, valor que é pago a quem entrega arma espontaneamente. Os policiais, tbém se não me engano, deram informação errado. Acho que tem um documento que os policiais poderiam autorizar o transporte dessa arma até a unidade policial...
 
arthur donavann em 22/01/2012 11:53:47
Pra quem não acredita em quimeras... Ta aí: antes de ser preso, já está ressocializado e pronto pra retornar ao convívio com a sociedade. Pena que ele mesmo não queira...
 
DIEGO ROZENDO ESCOBAR em 21/01/2012 09:15:42
Que coisa esquisita não, jamais vi tal situação. As pessoas estão malucas.
 
Celso Soares de Souza em 21/01/2012 05:53:24
Certamente este cidadão não será condenado, pois agiu de total boa fé querendo entregar as armas, inclusive não podendo ser preso por porte já que levava as armas para entregar à polícia e sob orientação desta. Se faltou formalidades legais, tal não pode ser suficiente ignorar a sublime iniciativa de se ver livre das armas que "possuía" ilegalmente.
 
Éder Muniz em 21/01/2012 03:17:15
ea campanha do desarmamento onde fica nessa historia toda! a menos que tal jovem
é fanatico por PRESIDIO. ou quer fazer o curso teorico e pratico de bandido profissional. vai saber!
 
janilson cavalcante em 21/01/2012 02:29:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions