ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  16    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Terceira no mês, ave é resgatada após ser encontrada enroscada em linha de anzol

uricaca estava às margens da MS-345 e não conseguia voar devido à linha de nylon

Por Aletheya Alves | 18/09/2021 13:52
Policiais realizando retirada de linha em que ave estava enroscada. (Foto: Divulgação/PMA)
Policiais realizando retirada de linha em que ave estava enroscada. (Foto: Divulgação/PMA)

Equipes da PMA (Polícia Militar Ambiental) resgataram mais uma ave que estava presa com linha de anzol, desta vez em Bonito - a 297 quilômetros de Campo Grande. Conforme divulgado, a curicaca foi encontrada às margens da MS-345.

Sobre a ocorrência, os policiais relataram que um pescador, de 50 anos, foi quem encontrou a ave e acionou os militares. No local, os policiais conseguiram retirar a linha, que já havia provocado lesões.

Ainda de acordo com a PMA, caso o animal permanecesse mais tempo preso, poderia perder uma das patas. Após a ave passar por atendimento com médico veterinário, ela foi devolvida à natureza.

Por estar a cerca de 800 metros do rio miranda, os policiais apuraram que a ave provavelmente teria se enroscado na linha ao tentar se alimentar com iscas que estariam em anzol de galho.

Durante o último dia 5, a PMA de Naviraí resgatou uma garça-real-europeia que estava presa em anzol de galho no rio Amambai. No dia seguinte, uma garça-branca-grande foi resgatada na mesma situação, no rio Taquari.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário