A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/12/2015 13:56

União reconhece situação de emergência causada pela chuva em MS

Liana Feitosa
Com o reconhecimento federal, o Governo do Estado elabora novo documento para requerer verba específica para o restabelecimento dos serviços essenciais. (Foto: Chico Ribeiro/ Governo do Estado)Com o reconhecimento federal, o Governo do Estado elabora novo documento para requerer verba específica para o restabelecimento dos serviços essenciais. (Foto: Chico Ribeiro/ Governo do Estado)

Com mais de 67 mil pessoas afetadas pelas chuvas no sul de Mato Grosso do Sul, o Governo Federal reconheceu situação de emergência em 14 municípios e divulgou a decisão em portaria nesta quinta-feira (17), no Diário Oficial da União.

Com o documento, a administração estadual pode solicitar à Defesa Civil Nacional repasse de recursos aos municípios. No entanto, o envio ou não de verba será decisão tomada pela própria Defesa Civil.

Pedido - Agora, com o reconhecimento federal, o Governo do Estado elabora novo documento para requerer verba específica para o restabelecimento dos serviços essenciais e reconstrução de pontes e dutos nas cidades atingidas.

Por enquanto, os trabalhos são paliativos, como entrega de kits emergenciais de limpeza, higiene, além de entrega de dormitório provisório e colchão na Capital para serem distribuídos entre as famílias prejudicadas em todo o sul do Estado.

“Através do PDR (Plano Detalhado de Resposta) solicitamos verba para os serviços essenciais e essa documentação já será encaminhada na próxima semana. Ainda enviaremos outro documento, o Plano de Trabalho, que visa à reconstrução de pontes e dutos”, detalha o coordenador adjunto da Cedec (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil), Tenente-Coronel Adriano Rampazo.

Em todo o Estado, 22 cidades já decretaram situação de emergência, sendo que 14 delas constam no documento estadual encaminhado à União. (Foto: Divulgação / Prefeitura)Em todo o Estado, 22 cidades já decretaram situação de emergência, sendo que 14 delas constam no documento estadual encaminhado à União. (Foto: Divulgação / Prefeitura)

Recursos - O volume de recursos que realmente será necessário para as ações de reconstrução será informado no Plano Detalhado de Resposta que, segundo Rampazo, vai compreender ações de socorro e assistência à população.

“O montante de R$ 115,4 milhões, informado anteriormente no pedido de reconhecimento federal, era uma estimativa. Agora, iremos repassar o valor fechado. Se houver o repasse, o Governo do Estado receberá a verba e executará as obras nos municípios”, afirmou o coordenador.

Em todo o Estado, 22 cidades já decretaram situação de emergência, sendo que 14 delas constam no documento estadual encaminhado à União.

Ajuda - Partindo de Campo Grande, kits de limpeza e higiene, entre outros itens, serão destinados aos municípios em situação de emergência. Segundo a Sedec (Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil), mais carregamentos devem chegar em Campo Grande nesta semana. Ao todo serão entregues mil kits de limpeza, mil kits de higiene, 2,7 mil kits de colchão e 2,7 mil kits de dormitório.

Ação pede a transferência de presos detidos na delegacia de Bonito
O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com ação civil pública pedindo à Justiça que determine a transferência imediata de todos os presos prov...
Sicredi faz doação para reformas de quartos no Lar do Idoso de Dourados
A agência Integração do Sicredi de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - fez a doação de recursos para a reforma de 14 quartos no L...
UFMS oferece 16 vagas para professor de nível superior em Três Lagoas
Será aberto no próximo dia 1º de janeiro pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) as inscrições para preencher 16 vagas para professore...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions