A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/01/2009 15:12

Justiça determina que Funasa perfure poços em aldeia

Redação

A Justiça Federal determinou que a Funasa (Fundação Nacional de Saúde) perfure poços artesianos na aldeia indígena Cachoeirinha, que fica no município de Miranda. Depois de ser intimada a Fundação tem dez dias para cumprir a ordem da judicial.

Com isso, 68 famílias indígenas da etnia Terena terão acesso à água de potável. A quantidade de poços será determinada pela própria Funasa, seguindo critérios estabelecidos pela entidade. As perfurações devem terminar em 60 dias. Caso haja atrasos no início ou término das obras, a Funasa está sujeita a uma multa diária de R$ 5 mil.

De acordo com o MPF (Ministério Público Federal), o abastecimento de água é feito três vezes por semana por caminhão-pipa da prefeitura de Miranda, o que é insuficiente para as necessidades da comunidade. Cada família recebe, em média, 500 litros de água, sendo que muitas delas compartilham esta quantia com outras famílias, dividindo a água em até 15 pessoas. Quando o estoque termina, os indígenas são obrigados a beberem água suja de um açude das proximidades.

O caso - Desde 2007 o MPF vem tentando convencer a Funasa da necessidade de se perfurar poços na região do Acampamento Mãe Terra, onde moram os índios. Porém, a Fundação ora dizia que a falta de demarcação impedia a abertura dos poços, ora que não tinha recursos para fazê-lo ou ainda, que dependia de um convênio com a prefeitura de Miranda.

Depois de tentar resolver o caso por meio das negociações, o procurador da República, Emerson Kalifa Siqueira, decidiu entrar com uma ação civil pública para resolver o caso. A ação ainda não foi julgada, mas a Justiça já assegurou o beneficio para os indígenas em caráter liminar.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions