A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/01/2008 14:28

Ministério descarta presença de doença na área urbana

Redação

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, fará nesta noite um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão para tentar tranqüilizar a população em relação ao acompanhamento dos casos de febre amarela no País. Segundo a nota do Ministério da Saúde, o gabinete de acompanhamento de febre amarela reafirmou que a doença está restrita às matas das regiões de risco, não atingindo as áreas urbanas.

O responsáveis por acompanhar a situação se reuniram hoje e divulgaram nota informando que até agora dois casos foram confirmados, um deles possivelmente contraído em Mato Grosso do Su, o de uma mulher que está internada em São Paulo, no Hospital São Luís, depois de ter passado o fim de ano em Bonito. O outro caso é de um homem que morreu, na semana passada, em Brasília. De acordo com a nota, outros 24 casos suspeitos foram notificados pelas secretarias estaduais de saúde ao ministério e cinco já foram descartados.

A nota faz o alerta de que não é preciso reforçar a dose de vacina para quem se imunizou há menos de 10 anos. Segundo o texto, em janeiro de 2008, foram enviados para todo o Brasil 3,2 milhões de doses de vacina. Em 2007, a média mensal de envio para vacinação de rotina foi de 961 mil doses por mês, totalizando 11,5 milhões de doses.

No pronunciamento que fará, o ministro descarta o risco de uma epidemia, lembra que não há casos de febre amarela urbana desde 1942, e reforça que somente devem procurar os postos de saúde as pessoas que moram ou vão visitar as áreas de risco e nunca se vacinaram ou foram vacinadas antes de 1999. Ele relembra, ainda que a vacina faz efeito dez dias após a aplicação.

STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions