A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/06/2011 15:17

Movimento Indígena interrompe diálogo com governo federal e sai de Comissão Nacional

Paula Maciulevicius

Lideranças de MS participam de entrevista coletiva para discutir a relação do Movimento com governo

O Movimento Indígena decidiu romper relações com o Governo Federal, o motivo é a dificuldade na caminhada das políticas indigenistas com o governo atual, explica o representante de Mato Grosso do Sul Anastácio Peralta, que está em Brasília. Até agora a presidente Dilma já recebeu todos os movimentos sociais com exceção dos índios, ressalta os representantes indígenas.

Como protesto à paralisia demonstrada pelo governo federal, representantes do Movimento suspenderam a participação na CNPI (Comissão Nacional de Política Indigenista), até que sejam recebidos pela presidência da república e ministros. A comissão é responsável por organizar a atuação dos órgãos federais que trabalham com indígenas e reúne representantes de regionais indígenas e membros do governo.

A posição da presidente diante dos problemas enfrentados pelos mais de 230 povos em todo país, como caos na saúde indígena, a criminalização e violência contra lideranças, demora na demarcação de terras, causou indignação e levou a retirada da Bancada Indígena da Comissão na manhã de hoje.

Outra reivindicação dos indígenas é em relação a construção de grandes empreendimentos em terras sem consulta prévia, exemplo da transposição do Rio São Francisco e Pequenas Centrais Hidrelétricas.

As lideranças pedem uma agenda de trabalho e compromissos concretos em relação às demandas apresentadas ao governo e encaminhadas à presidente durante a realização do Acampamento Terra Livre, principal mobilização indígena que, anualmente ocupa a Esplanada dos Ministérios, e este ano aconteceu entre os dias 2 e 5 de maio.

Para discutir como fica a relação entre o Movimento Indígena e o governo e apresentar as principais reivindicações e perspectivas dos povos, as lideranças que participam da CNPI recebem neste momento, em Brasília a imprensa para entrevista coletiva.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions