A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/01/2009 08:49

MPE deve investigar Bolsa família paga ao gato Billy

Redação

O Ministério Público Estadual deve abrir investigação sobre a fraude no Programa Bolsa Família, em Antônio João. O Procurador-Geral de Justiça em exercício, Antonio Siufi Neto, informou que estuda a possibilidade de entrar com uma ação civil pública para pedir o ressarcimento dos valores recebidos de forma ilegal pelo ex-coordenador do programa no município, Eurico da Rosa, além de apresentar acusação contra ele por falsidade ideológica e/ou estelionato.

Eurico cadastrou um gato para receber o benefício de R$ 20,00. Segundo o ex-coordenador o animal, chamado Billy, já morreu há anos e foi inserido no Bolsa Família em um "momento de desespero". Ao Campo Grande News, Eurico contou que a fraude só deu errado por que ele não contou a "maracutaia" à esposa, que acabou revelando que Billy era um gato ao agente de saúde da cidade.

Desde novembro o benefício foi cancelado, e Eurico afastado. Agora, o ex-coordenador diz que já acertou contratação como assessor parlamentar de um vereador de Antônio João.

UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
Aplicativo enviará à CGU denúncias de agressão e discriminação a pessoas LGBTI+
O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União recebe, a partir de hoje (18), denúncias feitas pelo aplicativo TODXS, relativas à discr...
TSE: regras eleitorais deixam dúvidas sobre fake news e autofinanciamento
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (18), por unanimidade, as 10 resoluções que irão regular as eleições de 2018, mas ainda ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions