A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/06/2011 09:57

MS é o quarto Estado com mais mortes por raios na última década

Paula Vitorino

92 morreram em MS e quase 1.400 no país

Nos últimos 10 anos, entre 2000 e 2010, Mato Grosso do Sul registrou 92 mortes por raios, segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e do Elat (Grupo de Eletrecidade Atmosférica). O número coloca o Estado na quarta posição de vítimas em todo o país.

O primeiro lugar com mais mortes é ocupado por São Paulo, com 236 vítimas, seguido pelo Rio Grande do Sul, 110 mortes, e Minas Gerais, 102 vítimas.

O ano em que mais pessoas morreram por descargas elétricas foi o de 2001, com 193 vítimas. Já Mato Grosso do Sul registrou mais mortes no ano seguinte, 2002, com 14 vítimas e ficou como o segundo Estado com mais mortes.

Em 2010, foi registrado o menor número de vítimas, 89, mas os dados do último ano podem sofrer acréscimo entre 5% e 10%, pois os pesquisadores aguardam a notificação de mais alguns dados do Ministério da Saúde.

Os raios são descargas elétricas produzidas dentro das nuvens durante as tempestades. Mas em determinado momento, essa descarga da nuvem e as cargas elétricas do solo se atraem e, quando as duas se encontram, o raio se forma.

Para se proteger das descargas elétricas, alguns cuidados são fundamentais. Em dias de chuva, fique longe de postes de iluminação, árvores, cercas de arame farpado, campos de futebol, pastagens, estradas, montanhas e à beira de lagos. Evite falar ao telefone, principalmente os fixos com fios, e ficar em locais onde você seja o objeto mais alto em relação ao chão.

Nunca fique próximo de automóveis, do lado de fora, se possível entre em algum veículo e mantenha as janelas fechadas. Procurar abrigo debaixo de árvores também é um erro muito comum e pode ser fatal. Não fique dentro do mar também, a água é altamente condutora de eletricidade e raios ocorrem no oceano e podem provocar choques.

É recomendável ficar em um local fechado, como dentro de casa. Se não for possível, o melhor é ficar agachado no chão, com as mãos na nuca e os pés juntos. Os aparelhos eletrônicos devem ser desligados da tomada para que não queimem e provoquem incêndio.

(Com informações do site Uol)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions