A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/12/2008 16:49

Para MS, ministério vai repassar R$ 42,5 milhões ao SUS

Redação

Do total de R$ 2,7 bilhões a serem liberados em 2009 pelo Ministério da Saúde para atendimentos pelo SUS, R$ 42,5 milhões virão para Mato Grosso do Sul. São verbas para reajustar a remuneração por procedimentos em áreas consideradas prioritárias: como transplantes, hemodiálise, fisioterapia, cardiologia, UTI e reabilitação.

Segundo o governo federal, a medida contribui para corrigir distorções na distribuição de recursos dos serviços de alta e média complexidade e também para expandir o número de pessoas atendidas. Alguns valores foram reajustados em até 100%, dentre 1.356 procedimentos ambulatoriais e hospitalares de média e alta complexidade que passaram por revisão: biópsia (25%), colonoscopia (120%), videolaparoscopia (100%); e de procedimentos cirúrgicos: tratamento cirúrgico dos sinos pré-auricular (100%), cirurgia cardíaca pediátrica e neonatal (35%), correção de desvio de septo (100%), vídeoartroscopia (cirurgia do joelho, 100%), transplante de córnea (100%).

Para cobrir diárias de UTI, o Estado terá R$ 6.772.907,8; para ajuste da tabela de procedimentos serão R$ 12.794.659,56; para expansão dos serviços R$ 8.640.000,00; para expansão de redes de cardiologia, oncologia e neurologia, serão R$ 3.218.440; o aumento de Incentivo aos Hospitais Filantrópicos e de Ensino será de R$ 1.140.409,69; as políticas da Pessoa Portadora de Deficiência terá mais R$ 440.851,67; e R$ 9.514.165,87 irão para corrigir disparidades entre regiões.

 Transplantes

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions