A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/11/2013 10:37

Polícia indicia padrasto por cárcere privado e tortura de criança de 2 anos

Graziela Rezende

A Polícia Civil concluiu, nesta sexta-feira (8), o inquérito policial que investiga a agressão contra uma criança de dois anos e a mãe. O crime ocorreu no dia 27 de outubro, no Jardim Bálsamo, em Campo Grande. O padrasto foi indiciado por tortura e cárcere privado.

Na ocasião, as vítimas foram flagradas em cárcere privado e a investigação descobriu que o autor do crime, um jovem de 21 anos, chegou a colocar a cabeça da menina em uma máquina de lavar roupas ligada e cheia de água.

“Vamos fazer o relatório final hoje e encaminhar ao Ministério Público. Estamos apenas no aguardo de um laudo pericial, porém a constatação das lesões iniciais e os depoimentos que possuímos já são suficientes para indiciar Jones Alberto Gomes Correa, por tortura e cárcere privado”, afirma o delegado Paulo Sérgio Lauretto, responsável pelas investigações.

Além de ouvir a mãe da criança, o delegado ouviu vizinhos, familiares do suspeito e um amigo da vítima, que recebeu uma mensagem informando do que estava acontecendo na casa. “A mãe relatou com detalhes como foram as agressões, como chutes, socos e outras crueldades. Já a familiar do suspeito falou que desconhecia as agressões”, explica o delegado.

A menina está passando por tratamento psicológico em um centro pós-trauma. Ela voltou a morar na casa da avó, juntamente com a mãe. O autor permanece preso e será indiciado por tortura e cárcere privado. A pena para o 1° crime hediondo varia de dois a oito anos de reclusão, agravada por mais 1/6 quando cometido contra uma criança. Já o cárcere prevê um aumento de mais três anos na pena.

Justiça decreta prisão de padrasto que colocou menina em máquina de lavar
Foi decretada a prisão preventiva do padrasto da criança que foi espancada e teve a cabeça colocada em uma máquina de lavar roupas ligada. O acusado ...
Padrasto colocou cabeça de criança em máquina de lavar roupas ligada
A tortura na qual um jovem de 21 anos é acusado de cometer contra uma menina de 2 anos e 4 meses, além da mãe da criança, revelou uma crueldade que a...
Homem sequestra mulher em casa, tortura e abusa de enteada de 2 anos
Um homem de 21 anos foi preso, no domingo (27) no Jardim Bálsamo, em Campo Grande, suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 2 anos e 4 meses e...
Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...


Uma pessoa que tem coragem de torturar uma criança indefesa, com apenas dois anos de idade, não tem condições de ser reabilitada para fazer parte da sociedade novamente. É um caso de psicopatia sem cura. O Código Penal Brasileiro deveria ser totalmente reformulado e aplicar para esses casos a prisão perpétua; ou quem sabe até, a pena de morte. Casos que deveriam ser discutidos e revistos. Acorda Brasil!!!!
 
Luciane Oliveira em 08/11/2013 16:01:37
pra mim isso é muito pouco... deveria por a cabeça dele numa maquina de fazer cimento!!! estou com tanta raiva desse crápula que nem quero mais ler noticias desse tipo pra não acabar eu ficando com esses sentimentos no meu coração, que faz mal pra mim mesma!!!
 
vera silva em 08/11/2013 12:51:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions