A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/09/2013 16:49

Presidente do Incra apoia despejo de famílias irregulares em assentamento

Edivaldo Bitencourt e Bruno Chaves

O presidente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Carlos Guedes de Guedes, afirmou, nesta quarta-feira (4), que não vai tolerar a utilização irregular de lotes da reforma agrária. Ele defendeu a decisão da Superintendência Regional do órgão no Estado, que vem recorrendo à Justiça para retirar quem comprou lotes de forma irregular.

Nos últimos dias, a Justiça concedeu mais de 400 mandados de reintegração de posse. De acordo com o superintendente regional do Incra, Celso Cestaria, cerca de 30 famílias já foram despejadas pela Polícia.

Como houve audiência e reuniões para discutir o assunto, inclusive com pressão dos deputados estaduais, Cestari explicou que as famílias retiradas das áreas que possuírem o perfil da reforma agrária poderão ser reassentadas. No entanto, a decisão da Justiça será cumprida primeiro.

“Quem for pego de forma irregular, será excluído da reforma agrária”, reforçou Guedes, que veio à Capital participar de reunião com os superintendentes regionais do Incra das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do País hoje e amanhã.

A Fetagri (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar) divulgou nota para reafirmar que o órgão pode estar cometendo injustiça na ação de despejo em Itaquiraí. “O INCRA precisa apenas tomar o cuidado para não cometer injustiça com famílias que realmente dependem da terra para sobreviver e que não estão, de forma alguma, especulando com as propriedades”, avisou, por meio da assessoria, o presidente da Fetagri, Geraldo Teixeira de Almeida.

Ele defendeu as 18 famílias retiradas na semana passada do Assentamento Santo Antônio, em Itaquiraí.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


esses despejos e so para enganar uma menoria que não sabe como funciona a mafia dos assentamentos em sidrolandia por exemplo se voce conhece alguem da direção do mst o se for amigo de algum presidente de associação de assentamento voce pode comprar qualquer lote que eles te encaminha para o incra e em poucos dias o lote esta em seu nome e so investigar eldorado jiboia capão bonito 1 2 3 são pedro geraldo garcia e muitos outros assentamentos
 
valter dos santos em 04/09/2013 18:05:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions