A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/06/2014 17:03

Taxistas vão poder fazer corridas intermunicipais durante a Copa

Josemil Arruda
Taxistas deixarão de pagar multa por transporte intermunicipal durante a Copa (Foto: arquivo)Taxistas deixarão de pagar multa por transporte intermunicipal durante a Copa (Foto: arquivo)

O governador André Puccinelli deve assinar decreto estadual na próxima segunda-feira (16) para permitir corridas de táxi intermunicipais em Mato Grosso do Sul durante a Copa do Mundo, sem risco de multa. “Já há um decreto que permite que os táxis sejam utilizados nesse transporte intermunicipal em caráter excepcional, mas há exigência de formulários, tem de provar que o turista vai se hospedar em hotel. Tem toda uma burocracia. O novo decreto acaba com essa burocracia”, explicou o presidente da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos (Agepan), Youssif Domingos.

Observou, porém, que a regra geral continua em vigor, visto que o transporte intermunicipal tem de ser feito por empresas concessionárias do serviço público em veículos adequado, que precisam, inclusive, ter sanitários. “O que estava acontecendo é que existiam casos em que turistas desembarcavam e queriam ir para Bonito de táxi e a fiscalização autuava por estar fazendo transporte intermunicipal, sem comprovação do caráter emergencial. E a multa é alta, R$ 1.700”, disse o chefe da Agepan.

A reivindicação dos taxistas, segundo Youssif, é que se permitisse nos casos excepcionais, como a Copa do Mundo, que fosse permitida a corrida intermunicipal sem imposição de multa, o que será assegurado com o fim da burocracia. Conformo o dirigente, é preciso garantir as alternativas de transporte para atender ao grande número de turistas que visitarão o Estado durante a Copa. “O Ministério do Turismo entende que, por causa da Copa, Mato Grosso do Sul deve receber 40 mil turistas, que vão a Bonito e a Corumbá”, revelou.

Indagado sobre outros períodos, além da Copa do Mundo, em que os taxistas poderão fazer esse tipo de corrida intermunicipal, Youssif respondeu: “Tem também os feriados, as festividades nas cidades, como a tradicional festa da linguiça de Maracaju e várias outras ocasiões em que há aumento fluxo de turistas, como páscoa, natal e carnaval”.

O presidente do Sindicato dos Taxistas, Bernardo Patin, comemorou a nova conquista. “O decreto vai flexibilizar as viagens intermunicipais, só que em caráter emergencial, como esse período da Copa do Mundo, quando temos mais turistas vindo ao Estado. Fizemos mobilização para que decreto fosse revisto através de ato do governador”, disse o sindicalista. “Não estamos brigando para fazer linha de ônibus ou lotação, mas pelo direito de ir e vir do passageiro. Além disso, há cidades pequenas que não tem transporte eficiente”, acrescentou.

Mato Grosso do Sul tem cerca de 2,5 mil taxistas, segundo o sindicalista, dos quais cerca de 150, representando 30 dos 79 municípios do Estado devem estar na Governadoria na próxima segunda-feira para a assinatura do decreto. A princípio, o evento aconteceria na quarta-feira, mas foi adiado em razão de outros compromissos do governador do Estado.

Câmara adia audiência para discutir regulamentação de táxi e mototáxi
A Câmara Municipal adiou a audiência pública para discutir a regulamentação de táxis e mototáxis. Marcada para hoje, às 19h, a reunião deve ficar par...
Nova norma libera atuação de táxis em corridas intermunicipais em MS
Os taxistas de Mato Grosso do Sul conseguiram mais uma vitória na regulamentação da atividade. Atendendo a pedido da categoria, o deputado estadual F...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions