A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

27/09/2010 22:59

TCU vê deficiência na gestão de tecnologia da informação

Redação

O Tribunal de Contas da União (TCU) avaliou a gestão da tecnologia da informação em 265 instituições da administração pública federal e concluiu que a situação é precária em questões como segurança da informação e uso de pessoal especializado.

De acordo com o relatório, somente 5% das 265 instituições pesquisadas estão em estágio aprimorado de gestão e governança de TI, 38% estão em estágio intermediário e 57% em estágio inicial.

Entre as instituições pesquisadas estão ministérios, tribunais federais, agências reguladoras, universidades federais, fundações, autarquias, secretarias e empresas públicas. No levantamento, o TCU avaliou segurança da informação, estrutura de pessoal especializado em TI e desenvolvimento de softwares. "O panorama da governança de TI, não obstante alguns progressos, permanece desolador", avaliou o relator, ministro Aroldo Cedraz.

Segundo o TCU, entre os itens mais precários está a segurança de informação. "Nenhum dos indicadores relativos à segurança da informação, que envolve confidencialidade, integridade e disponibilidade da informação, apresentou avanço substancial", informa o relatório, em referência ao último levantamento de gestão de TI, feito em 2007 pelo tribunal.

Na avaliação de Cedraz, a gestão de tecnologia da informação deve ser tratada de forma estratégica pelo governo, inclusive pelos custos que representam aos cofres públicos. Para 2010, a estimativa de gastos da administração pública com TI é de R$ 12,5 bilhões.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions