A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Junho de 2018

15/06/2009 15:45

TJ mantém em liberdade gerente de organização criminosa

Redação

A 2ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) confirmou, em julgamento hoje à tarde, a concessão de habeas corpus a Samuel Ozório Júnior, acusado de ser o gerente geral da quadrilha da jogatina.

Os desembargadores confirmaram o habeas corpus concedido por Romero Osme Dias Lopes na semana passada. Ozório Júnior conseguiu a liberdade junto com outros envolvidos na organização criminosa denunciados pelo Gaeco: o contador Marcelo Pereira de Souza, o responsável pela montagem das máquinas, Marcel Rodrigo de Carvalho, e seu auxiliar, Maicon dos Anjos Mussi.

O Gaeco denunciou 20 pessoas envolvidas na organização criminosa integrada pelos policiais militares, o capitão Paulo Roberto Xavier e o cabo Marcos Massaranduba.

Apostadores de quatro estados são os mais novos milionários do país
Apostadores de quatro estados acertaram os seis números da sorte da Mega-Sena e são os mais novos milionários do Brasil. Os sortudos são de Salvador ...
MPE realiza processo seletivo para estagiários em 37 cidades neste domingo
O MPE (Ministério Público Estadual) aplica neste domingo (24) as provas do processo seletivo para estagiário em 37 cidades do Estado. As avaliações c...
Uems recebe inscrição para teste de proficiência em três idiomas até quarta
Segue até a próxima quarta-feira (dia 27) o período de inscrição para o exame de proficiência de leitura em inglês, francês e espanhol. O interessado...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions