A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/04/2008 11:48

Venda de peixe estragado resultou em multa de R$ 7 mil

Redação

O Hipermercado Extra vai receber multa de R$ 7 mil por comercializar peixe impróprio para o consumo. Uma grande quantidade do produto foi apreendida no hipermercado nesta manhã e, conforme a Vigilância Sanitária, o total pode chegar a 5 toneladas de peixe estragado.

De acordo com o chefe do serviço de fiscalização de alimentos da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Milton Zaleski, nem foi preciso fazer o laudo na mercadoria que está visivelmente estragada. Ele explicou que, para o peixe fresco, o período máximo de comercialização é de 3 dias. O delegado do consumidor Adriano Garcia informou que a validade chega a 7 dias, mas a mercadoria estava no supermercado desde a Semana Santa.

A Vigilância Sanitária ainda está no local para averiguar o restante da mercadoria. Foi apurado que as instalações são adequadas, porém, a quantidade de peixe excedeu a capacidade das câmaras frias. Além de Pacu e Tambaqui, divulgadas inicialmente, foram encontrados também várias espécies de peixes de água doce e salgada.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions