ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 21º

Boa Imagem

Você sabe manter uma boa conversa?

Saber conversar faz toda a diferença para a sua imagem

Por Larissa Almeida (*) | 04/07/2024 16:26

Se você já passou a experiência de conversar com alguém que não olha no seu olho durante a conversa, ou que só fala sobre único assunto, ou mesmo que fala sem parar e não dá espaço para escutar o que você tem a dizer, sabe o que é uma conversa ruim. E uma conversa ruim é normalmente caracterizada de chata e a pessoa com a qual se tem essa conversa, também. Então não saber como manter uma conversa agradável pode ser muito prejudicial para a sua imagem.

O psicólogo especializado em experimentos sociais da Universidade de Essex, no Reino Unido, Wijnand van Tilburg, conduziu uma série de estudos para identificar características tipicamente associadas a pessoas chatas, e consequentemente aquelas com as quais as pessoas evitam conversar. Em termos de personalidade, os chatos foram considerados restritos a um pequeno conjunto de assuntos de interesse, pessoas sem senso de humor ou com fortes opiniões sobre qualquer assunto (radicais). Também foram apontados como chatos pessoas que reclamam excessivamente, e queixam-se de tudo.

Ter uma conversa agradável te aproxima das pessoas, cria uma ótima impressão ao seu respeito e promove melhores conexões pessoais e profissionais. Entre os fundamentos para uma boa conversa, considero alguns essenciais:

1) Ser um bom ouvinte. Não existe nada mais chato do que conversar com alguém que não deixa a outra pessoa falar ou não presta atenção ao que está sendo dito. De acordo com van Tilburg, "Os chatos falam muito, mas têm muito pouco a dizer". Tenha a liberdade de expressar suas próprias opiniões, mas assegure-se de também dar à outra pessoa a mesma oportunidade, fazendo perguntas abertas e demonstrando interesse ao que está sendo dito.

2) Mantenha contato visual. Imagine conversar com uma pessoa que fica olhando no relógio, no celular ou em outras direções. Isso demonstra falta de interesse na conversa.

3) Preste atenção ao nível de entusiasmo do outro. Se ver que a pessoa está se distraindo, inquieta, mude o foco e acelere a história. O tempo de fala é importante para não deixar a conversa cansativa.

4) Esteja sempre atualizado sobre assuntos gerais, notícias, esportes e cultura. Isso te torna uma pessoa mais interessante e certamente mais agradável de conversar.

5) Evite falar sobre política, religião e temas que podem gerar discussão ou polêmica. Também evite reclamações sobre problemas financeiros ou problemas de saúde. Sabe aquela conversa que vira competição de problemas? Nada mais chato. Falar sobre isso não vai resolver as situações contadas e ainda pode te deixam exposto de maneira negativa.

(*) Larissa Almeida é formada em Comunicação Social pela UFMS e pós-graduada em Influência Digital pela PUC-RS. Trabalhou durante 14 anos na área de comunicação e imagem em importantes instituições como Caixa Econômica Federal, Prefeitura de Campo Grande, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Senado Federal, além de ter coordenado a comunicação da Sanesul. Consultora de imagem formada pelo RML Academy e Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Especialista em Dress Code e comportamento profissional por Cláudia Matarazzo e RMJ Treinamento e Desenvolvimento Empresarial. Siga no Instagram @vistavoce_.

Nos siga no Google Notícias