A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Maio de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


14/09/2016 11:55

Campanha eleitoral determina baixa audiência de rádios e TVs

Reinaldo Rosa

FORA DE CENA – Fiel a seus amigos, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) aproveitou bem os minutos de fama na defesa do indefensável Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Segundo ato, a partir de agora, é evitar queda no ostracismo a política regional. Simples assim.

DE BRAÇADA – Programas evangélicos no SBT/MS e Rede MS, no mesmo horário do 'Bom Dia MS', dão a este o título de campeão de audiência no mencionado período. 'Agro & Negócios', da 'nova' TVi, não é páreo para modificação do placar.

ESTRATEGISTAS – São válidas as iniciativas de inovação em programações televisivas. Procura-se entender os contínuos cortes – sem aviso prévio – em decantadas matérias do ‘Brasil Urgente’, da Band, para colocar no ar o ‘Shopping da Cidade’, na TVi. Enfim.

GATO DOURADO – Forma inusitada de a TV Morena tratar o horário político em Dourados e região, o Sky-gato registra maior audiência no período. Aliado ao atual formato de campanha imposto pelo TSE, poucos telespectadores assistem às propostas dos candidatos locais.

CAMPEÕES – ‘Assinantes’ da Sky-gato fogem dos programas eleitorais com preferências bem definidas de sintonia. Programas esportivos e novelas ‘diretas da Globo’ estão em primeiro lugar. A seguir – em pequeno número – a leitura de livros e/ou WhatsApp.

CORRIDA – Análise de jornalista, ex-TV Morena, considera empate técnico entre três primeiros colocados na disputa pela prefeitura de Dourados. “Diante do placar, aludida – e esperada – ajuda do governador Reinaldo Azambuja não acontecerá”, conclui.

ALÔ VOCÊ – Fazer programa de rádio, de domingo a domingo; 365 dias ao ano, parece que deu (ou dá) resultado. Radialista em tempo integral, Marçal Filho projeta considerável margem de votos na campanha para vereador. Mesmo eleito, os 365 dias no ar vão continuar.

AOS COSTUMES – Eleitos graças à atuação na atividade radiofônica, Marcelo Mourão e Nelson
Sudário também estão na luta por vaga na Câmara da cidade. Dourados poderá ter mais uma representante do rádio no legislativo local; Keliana, ex de Marçal, também está na corrida.

FANTOCHES – Atuais procedimentos – e restrições – na promoção da atual campanha fazem candidatos se virarem nos trinta. Palhaço, ex-ajudante de ordem de Picarelli, voltou à cena no horário político. Pode levar chocolate nas urnas.

FANTOCHES 2 – Outro ajudante de ordem do mesmo programa se lança na aventura do maravilhoso mundo legislativo da capital morena. Expert em bajular o chefe, pouco – ou nada – conseguiria executar caso fosse eleito.

SACO DE RISADA – Um show contendo diversos estilos de humor: Stand up comedy, piadas, paródias, causos, imitações, dublagens, música, figurino e muito mais. O ‘Tirullipa Show’ conta com textos baseados em situações do cotidiano. Atração de Jamelão e Pedro Silva, enchendo o saco de risadas, dia 18 de setembro, no Palácio Popular da Cultura, em Campo Grande.

Rádio esbanja potência, mas com público restrito
O ELO – No Brasil todo está disseminada a prática de terceirização de espaços na comunicação falada. Cronistas do rádio esportivo ficam à mercê do bo...
O bagunçado e voraz mercado local das rádios
SENHORES PASSAGEIROS – Nivaldo Mota, João Flores, Miltinho Viana e Marcelo Nunes têm algo em comum. Foram revelados para o rádio de MS originários do...
Sem novas ideias, rádio de MS definha
SINTONIA GROSSA – Tratado como penduricalho de informações oficiais, o rádio de Mato Grosso do Sul definha por não renovar estratégias comerciais de ...
Futebol fraco restringe cobertura à Série D via rádio
O QUE FAZER – Domingo de abertura do Campeonato Brasileiro de futebol e os cronistas esportivos de Mato Grosso do Sul sem a parte que lhes cabe na co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions