ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  14    CAMPO GRANDE 21º

De olho na TV

Na rádio, a repetição do que se ouve pela TV

Por Reinaldo Rosa | 11/09/2019 07:35

MENOS É MAIS - Menos de um mês de expectativa da entrada em operação da nova FM em Campo Grande e pululam reclamações de atentos e contumazes ouvintes de rádio da capital morena. A chiadeira (já acusada neste espaço) é a repetição –quase literal- no ‘Página Um’ de editorias levadas ao ar no ‘BDMS’.

ZAPEAR O DIAL - “Repórter Policial; comentarista de politica e da área rural; a moça o tempo. Os mesmos entrevistados” observa o ouvinte. “Solução é continuar ouvindo o ‘Tribuna Livre’, (da Capital FM) com Carmen Cestari, Coronel Davi e o Bem Hur Ferreira”, finaliza.

ERREI – Anúncio e confirmação da chegada da futura FM Easy a Campo Grande chegou acompanhado de abertura de novas vagas para profissionais locais. Compartilhamento dos estúdios de TV não ficou só na utilização de equipamentos. Simples assim.

ATALHOS – Se a montanha não vai a Maomé.... Ausente contumaz das emissoras de rádio de Mato Grosso do Sul (assim como outros cantores regionais) Carlos Colman corta caminhos. Está presente no Spotify com o recente álbum ‘Parcerias’. Está também nas plataformas Deezer; Youtubr; ITunes e Google Play.

11/9/2001 – Apreciadores da imprensa escrita, falada e televisada estão preparados; quedas das Torres Gêmeas em 2001 serão devidamente lembrados no dia de hoje. Histórias e fatos não têm modificações. Resta-nos o revival.

PADRÃO FIFA – No padrão globo de qualidade toda e qualquer trama de dramaturgia da rede Globo percorre longo caminho. Autores entregam sinopse da futura atração (dos três horários de novelas); após a provação segue-se intenso trabalho de gravações de capítulos antes da estreia no ar.

PRESENTE – O batido ‘núcleo gay’ –presente em todas as tramas- é tema atual e discutido em diferentes formas de abordagens por seus autores. Refém da opinião de parte de arcaicos espectadores –e dos índices de audiência- mudanças repentinas são ‘sugeridas’ aos responsáveis. Simples assim.

CONTROLE DE QUALIDADE – Cena em que o responsável pela qualidade dos bolos de Maria da Paz, em ‘A Dona do Pedaço’, ganhou ares de revelação light. Contrariando a brutal e violenta reação por parte do apaixonado boleiro português, como desejava o autor.

ANDAM DIZENDO – Na trama das 18 horas, Silvio de Abreu, agora na condição de chefe do núcleo de dramaturgia da emissora rendeu-se aos patrões. Cena de beijo entre duas mulheres provocou reclamações de famílias que acusavam incompatibilidade da cena com o horário de exibição.

NÃO CONFIE EM NINGUÉM COM MAIS DE TRINTA – No troca-troca de diretores de jornalismo da ‘Globo News’ sobrou indagações para todos os lados. Tarimbados, agora, ex-editores-chefes, tinham idade e acúmulo de fatos que mexeram com o Brasil e o mundo nas últimas décadas. A moçada que assume as novas funções tem, no máximo, trinta anos. Adeus testemunhas vivas da história.