ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 26º

Em Pauta

O primeiro grande caçador de fake news

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 28/05/2024 07:45
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Nesta época, entulhada de fake news, por sorte não falta quem se dedique a caçá-las. Hoje são chamados de "debunkers", desmontadores de lendas e de mitos. Assim como as falsas notícias não são exclusivas deste momento, tampouco é o ofício de desmenti-las. O primeiro debunker comprovado surgiu no século XVII. Foi o médico italiano Francesco Redi, mas que, no final da vida, não aguentou a fama e bebeu no copo de uma fake news.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Geração espontânea e víboras que bebiam vinho.

Redi foi a primeira pessoa a refutar a geração espontânea. Em 1.668, publicou seus experimentos que demonstravam que os vermes que surgiam na carne não eram produtos da putrefação e sim crias de moscas que depositavam seus ovos nela. Com seu achado, Redi caçou um mito que teve início no besteirol inventado por Aristóteles. Não se contentando com a destruição desse mito, Redi foi à caça de outro ainda mais famoso: o de que existiam víboras que bebiam vinho e quebravam taças. Ao comprovar a inexistência de tal animal fantástico, Redi poderia ter aposentado, mas era um homem que não se contentava. Redi foi acabar com outro mito tão persistente quanto os outros dois: o de que a maioria dos venenos tinham origem na vesícula biliar.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Morreu criando uma fake news ainda existente.

Quem inventou os óculos? Essa é uma história sem fim. Podemos concluir que não existiu um só criador. Mas Redi era um italiano que venerava seu país e tinha gigantesca fama de destruir mentiras. Foi aproveitando de sua fama que criou um mito ainda persistente. Ao mesmo tempo que elogiava os vinhos de sua Toscana, colocando-os entre os melhores do mundo (que não é uma mentira), Redi criou várias personagens para contar a história da invenção dos óculos. Todas elas eram italianas. Assim, criou um documento de um Sandro di Pippozzo, que nunca existiu, e de um monge toscano, é óbvio, chamado Alessandro di Spina, como o reinventor dos óculos. Enfim, Redi criou vários personagens , todos ainda em voga, para criar a farsa da invenção dos óculos. O primeiro caçador de fake news, morreu criando uma delas.

Nos siga no Google Notícias