A notícia da terra a um clique de você.
 
05/07/2019 06:21

O último bacalhau do planeta está para ser pescado

Mário Sérgio Lorenzetto
O último bacalhau do planeta está para ser pescado

Bacalhau é o nome dado a cinco peixes - Gadus morhua, Gadus macrocephalus, Saithe, Lingus e Zarbo. Quatro deles são pescados no lado norte do Oceano Atlântico, só o Gadus macrocephalus é pescado no Oceano Pacífico. Via de regra, o peixe do Atlântico vai a Portugal para ser salgado para depois ser exportado para o Brasil. Esse é o caminho natural desde a época da chegada de portugueses e espanhóis ao Brasil no século XVI.

O último bacalhau do planeta está para ser pescado
O último bacalhau do planeta está para ser pescado

Comida de viking.

Os primeiros processamentos de bacalhau ocorreram na Noruega e na Islândia, seis séculos antes deles chegarem a Portugal e ao Brasil. Como os Vikings não tinham sal, apenas secavam o peixe ao ar livre, até que perdesse 20% de seu peso e endurecesse como uma tábua. Seriam consumidos nas longas viagens que faziam pelo mundo. Mas os Vikings não comercializavam o bacalhau. A ideia só surgiu com os bascos espanhóis, possuidores de sal, que curavam, salgavam e secavam o peixe. Portugal só comprara bacalhau na época das grandes navegações. Algo como 10% de todo bacalhau que aportava em Portugal, embarcava em seus navios. O bacalhau está prestes a ser apenas uma página na história.

O último bacalhau do planeta está para ser pescado

A provável extinção do bacalhau.

O Conselho Internacional para a Exploração do Mar - ICES - organismo ligado à União Europeia, acaba de anunciar que as populações de bacalhau no Atlântico Norte está em colapso. A entidade afirma que se não reduzirem em 70% a pesca do bacalhau, entrará em processo de extinção. Em dezembro, os ministros europeus se reunirão para decidir o tamanho da redução da pesca do bacalhau e levarão em conta os informes da ICES. A entidade acredita que limitarão a pesca em 10.000 toneladas de bacalhau. Nos anos 70, eram capturadas 270.000 toneladas. À partir de 2006, reduziram quase 230.000 toneladas, vendendo apenas 44.000 toneladas anualmente. A ICES afirma que das sete grandes populações de bacalhau no Atlântico Norte, três já desapareceram. O Brasil é o maior consumidor de bacalhau. Ou era.

imagem transparente
Busca

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.