ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 31º

Em Pauta

Viagem de graça na FAB. A base de C.G. nasceu como correio

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 27/04/2024 09:35
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Não é lenda e nem apanágio apenas de políticos, é possível você viajar sem custo algum em um avião da FAB. Para conseguir um voo, basta cadastrar-se na Base Aérea de C.Grande. Entretanto, a viagem está condicionada à disponibilidade de vagas e de aeronave que vá ao destino que você necessita. É preciso ainda, escolher um período de dez dias em que você esteja apto a viajar a qualquer hora.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Não nasceu para a guerra. Era pista de pouso.

A Base Aérea de C.Grande nasceu, em 1.923, como um segmento do exército. Tinha um corpo diminuto com apenas um sargento e três soldados. A primeira pista, cuidada por eles, tinha apenas 600 metros de extensão, permitindo pouso e decolagem de pequenos aviões. Pista que era assemelhada à existente em fazendas. Ficava nas vizinhanças do cemitério S.Amaro. Demorou anos para que essa pista ganhasse outros oitocentos metros.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Serviço de correio.

A primeira linha de aviões contínuos, antes eram eventuais, veio um ano depois. Em 1.934, criaram o Correio Aéreo Militar. O,
 serviço era transportar malotes de Campo Grande a todos os povoados da fronteira oeste do Brasil. Tinha tão somente três aeronaves de tamanho médio tipo WACO.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Compraram uma fazenda.

Quem passa pela avenida que ladeia a Base Aérea não pode imaginar que esse lugar era uma fazenda. O crescimento da cidade e as necessidades de ampliação da Base fizeram com que, em março de 1.940, fosse adquirida pelo exército a Fazenda Serradinho. A criação do Ministério da Aeronáutica veio logo a seguir. É a época em que começam a criar os corpos específicos da aeronáutica em C.Grande. Hoje, estão equipados para apreender aviões carregados com drogas, salvar pessoas em condições de isolamento e, é óbvio, ir à guerra.
Nos siga no Google Notícias