A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Março de 2017


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


24/08/2012 15:47

Amplavisão

Manoel Afonso

INDECENTES? Depende a ótica de análise. Mas a lei permite usar o nome/apelido pelo qual o candidato possa ser lembrado. E essa prática não é exclusiva de regiões menos aculturadas. Para vereança, os excessos são ridículos.

CONFIRA: ‘Peixe Podre’ – Telha (SE); ‘Sovaco’ – Planalto (RS); ‘Chulé’ – Guaraçai (SP); ‘Batman’ – Poá (SP); ‘Pelé Problema’ – Guarulhos (SP); ‘Marcio do Pau Preto’ – Matias Cardoso (MG); ‘Mauro Bunda’ – Jacarezinho (PR).

E MAIS... ‘Pinto Louco’ – Rorainópolis (RR); ‘Teta da Juventude’ – Cortês (PE); ‘Zeni Piroca’ – Veranópolis (RS); ‘Daniel Corno’ – Itapevi (SP); ‘Pai Gay’ – Recife (PE); ‘Cido Putão’ – Águas de Lindóia (SP); ‘Tufão’ – Tutóia (MA).

AINDA... ‘Irmã Xana’ – Itabuna (BA); ‘Barata Obama’ – Dias D’Avila (BA); ‘Homem Cueca’ – Taquarana (AL); ‘Ramiro Burro Fujão’ – Cruzília (MG); ‘Wilson do Saco Torto’ – Malhador (SE); ‘Divino Bosta de Vaca’ – Bambuí (MG)

‘O CONSELHEIRO’ 42 mil lesados, 700 prédios inacabados e prejuízo de CR$2,5 bilhões. Mesmo assim Pedro P. Souza, fundador da Encól, faz sucesso dando palestras, quando deveria estar na cadeia. Bem, se estivéssemos num país sério.

GREVES O narcotráfico comemora o ritmo lento nas negociações da greve da Polícia Federal/PRF. Com as fronteiras desguarnecidas entra de tudo. E como ficam aquelas promessas de fortalecer o poder de polícia na fronteira?

EM CRISE Se o PT não vencer na capital, terá que se contentar com Corumbá e algumas cidades de pouca expressão. O partido só conseguiu lançar 20 candidatos a prefeito e pode perder muitos vereadores no pleito de 2012.

APESAR da gestões Lula/Dilma e do Governo Zeca, o partido pouco evoluiu no MS. Os escândalos expostos na mídia e os atritos entre Zeca e Delcídio dificultaram alianças e atração de novos filiados de prestígio. Envelheceu precocemente.

‘SOLITO’ A chapa pura Vander/Almi mostra o isolamento do PT na capital, onde em tese deveria ter crescido; no horário eleitoral não empolga mesmo com imagens de obras/Lula/Dilma. Vander pode sair menor do que quando entrou.

ZECA Sua candidatura divide opiniões e já cria ciúmes entre os postulantes no horário eleitoral. Eleito, ganharia visibilidade/força dentro do PT e tentaria a Câmara em 2014. Mas essa novela ainda renderá capítulos ‘interessantes’. Aguarde!

CONCLUSÃO Essas eleições também podem ditar o futuro de várias agremiações no MS. Prefeitos e vereadores tem papel decisivo na estrutura partidária. Sem eles acaba a ligação com o eleitor. A saída poderá ser novas fusões.

SAUDADE de Sobral Pinto e Afonso Arinos. Nossos ‘juristas’ em baixa. Popularesca e vulgar a retórica no julgamento do Mensalão. As citações a criações de Cazuza/Raul Seixas e mostram isso. A justiça sairá apequenada do episódio.

IMAGEM O mais leigo dos cidadãos sensatos percebe os sinais de politização neste julgamento. Claro que ainda estranha os cochilos e sonecas dos ministros – quando deveriam estar atentos. Enfim: sobram proselitismo e vaidade.

DIGNIDADE Francisco Rezek foi ministro de Collor e declarou-se impedido, sem condições de participar do julgamento de Collor. A mesma postura não foi seguida pelo ministro Tófoli, nomeado por Lula e ligado umbilicalmente ao PT.

‘OS INFILTRADOS A notícia de que o Banco do Brasil está apinhado de gente do PT não surpreende. O PT imita o fascismo ao partidarizar a máquina administrativa. Como disse Carmelino Resende: “O PT é o partido da boquinha”.

‘CAPITAL’ Os candidatos abusam de efeitos especiais no horário eleitoral. É normal. Passada a fase inicial, os candidatos precisam mostrar qualificação para administrar. Só frases de efeito, críticas e ‘soluções genéricas’ não convencem.

A PERGUNTA: Se mantido o desempenho de Girotto teremos 2º turno? Dependeria do destino dos votos que Vander possa perder e da performance de Bernal. A próxima pesquisa deve sinalizar os rumos da apimentada batalha eleitoral.

E AGORA? Fraco nas pesquisas IPEMS/IBOPE Azambuja continua com a prometida ‘candidatura propositiva’ ou veste a farda de oposição ao estilo PT? Um caminho sem volta dos tucanos ou apenas postura passageira, circunstancial?

‘FILÓSOFOS’ do saguão da AL até admitem: essa convivência PSDB/PT contra o PMDB poderia ser repetida na sucessão estadual. Não acredito, pois a sucessão do Planalto é a causa maior e Aécio é candidato do PSDB.

DETALHE Principalmente no interior é visível a diferença entre o eleitorado do PT e do PSDB. Como conciliar – por exemplo – o direito de propriedade com a política fundiária preconizada pelo PT em favor de indígenas e ‘sem terra’?

GRATUIDADE A opinião pública é a favor da PEC – defendida por Delcídio e Russo – que quer o fim de salário dos vereadores de cidades com menos de 50 mil habitantes. A propósito: o prezado leitor é sim ou não? Responda.

‘NAT DA CAPITAL’ “ O homem é seu país, sua cidade, bairro, rua, casa, vizinhos e amigos” (J.L. Borges). “Cidades, como seres humanos, são compostas de células vivas dotadas de energia, se multiplicam, se integram (F. Capra)

"Fizeram uma extrapolação. O sapateiro foi além da sandália." (R. Lewandowski)

PMDB-PSDB, mais afinidades do que diferenças
O PODER vicia. Encontrei na Assembleia Legislativa com o ex-prefeito de Paranaíba ‘José Braquiária’ (PDT). Pelas expressões usadas, ainda não se conf...
Juiz Odilon tem até abril de 2018 para decidir futuro político
‘FACADAS’ Após o encontro entre Sergio Longen, presidente da Fiems (Federação das Indústrias de MS), e Junior Mochi, presidente da Assembleia Legisla...
Quem tem medo do deputado Carlos Marun?
PASTEL Nas eleições municipais de 2016, o ex-governador André Puccinelli e o atual deputado Paulo Siufi (ambos do PMDB) apostaram: se a vitória fosse...
Banheiro chique, parto da reforma e máfia do táxi
‘MOLEZA’ Mesmo para os neófitos, o exercício da vereança está sendo facilitada. Além de cursos e palestras nas câmaras e associações de vereadores, e...



Todo o cargo eletivo no Brasil deveria ser remunerado na base de um salário mínimo para vereador, dois para deputados estaduais, três para federais e senadores e cinco para presidente da república.
Só assim o mínimo melhoraria substancialmente.
 
Marco Aurélio Gonçalves Chaves em 27/08/2012 05:27:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions