A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018


15/07/2018 18:13

Franceses esquecem as diferenças na celebração do título, relata jornalista

Seleção da França derrotou a Croácia por 4 a 2, em Moscou, e conquistou o bicampeonato neste domingo

Gabriel Neris
Jornalista acompanhou fase final do torneio em Paris e relata momento de união do país (Foto: Arquivo pessoal)Jornalista acompanhou fase final do torneio em Paris e relata momento de união do país (Foto: Arquivo pessoal)

Como não poderia ser diferente a França está em festa pela conquista do bicampeonato Mundial neste domingo (15). Milhares de pessoas tomaram conta da Champs Elysees, em Paris. Entre a multidão está o jornalista e colunista do Campo Grande News Manoel Afonso.

Ele conta que acompanhou toda a partida entre França e Croácia na região. “Torci pelo bom futebol e sem dor de cotovelo”, brincou.

A partida em Moscou terminou com vitória francesa por 4 a 2. O jornalista conta que o título será importante para a aceitação de pessoas de diferentes etnias no país. “Senti que a vitória reforçou a integração da raça negra pelo fato do bom desempenho dos craques negros do time”, descreveu.

Na lista de bons jogadores negros estão Kanté, Matuidi, Mbappé e Pogba. “As pessoas esquecem as diferenças e se unem”, comenta. “Brancos e negros comemorando juntos. São os novos franceses quebrando tabus”, completa.

Outra situação durante a festa de comemoração na capital francesa é a possibilidade de ataques terroristas, principalmente com a aglomeração de pessoas. De acordo com o jornalista, barcos e helicópteros da polícia monitoram a situação, porém até a publicação desta matéria nenhum incidente havia sido registrado. “Muçulmanos e cristão estão comemorando”.

Manoel Afonso conta ainda que no sábado acompanhou uma festa musical na Torre Eiffel e classificou a segurança como como “loucura”.

Dentro de campo a França confirmou o seu favoritismo e derrotou a Croácia por 4 a 2. O placar foi aberto aos 18 minutos de jogo. Griezmann bateu falta e Mandzukic desviou, marcando contra. Perisic empatou para os croatas 10 minutos depois.

Os franceses voltaram a ficar na frente do placar com a ajuda do árbitro de vídeo. Matuidi cabeceou e a bola tocou na mão de Perisic dentro da área. Após consultar as imagens, o árbitro Nestor Pintana marcou pênalti. Griezmann bateu e fez 2 a 1 França.

O início do segundo tempo foi fundamental para a os franceses conquistarem o troféu. Pogba e Mbappé marcaram aos 13 e 19 minutos, respectivamente. Na sequência a Croácia ainda chegou ao segundo gol na falha do goleiro Lloris. Ele tentou driblar Mandzukic, mas perdeu a bola e sofreu o gol.

A França conquista o seu segundo título Mundial (1998 e 2018). Do outro lado, a Croácia termina com a sua melhor campanha na história, superando o terceiro lugar de 20 anos atrás. Em terceiro lugar terminou a Bélgica, que derrotou a Inglaterra por 2 a 0. A Fifa escolheu o croata Modric como o craque da competição. Mbappé ganhou o prêmio revelação. Cortouis (Bélgica) foi eleito o melhor goleiro e Harry Kane (Inglaterra) terminou como artilheiro com 6 gols.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.