A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

05/06/2018 17:41

Escola fica sem merendeiro e alunos reclamam de dispensa de aulas

Merendeiro está de licença por doença mas secretaria não substituiu o trabalhador

Izabela Sanchez
Escola Estadual Professor Silvio de Olveiria dos Santos está sem merendeiro há um mês (Reprodução)Escola Estadual Professor Silvio de Olveiria dos Santos está sem merendeiro há um mês (Reprodução)

A Escola Estadual Professor Silvio de Oliveira dos Santos, no bairro Aerorancho, em Campo Grande, está sem merendeiro há cerca de um mês. A informação é de uma das alunas da escola, que reclama que sem o jantar, os alunos são dispensados mais cedo e perdem tempo de aula.

“Há mais de um mês o nosso merendeiro entrou de licença médica, aí entramos em contato com a secretaria e falaram que ele pegou mais 30 dias de atestado e não tem outra pessoa pra mandar pra ficar no lugar dele. Tem gente que sai da escola e vai direto trabalhar”, explicou a aluna do segundo ano, Jaquicilayne da Silva Luzzi.

Conforme a aluna, nem “bolacha” é servida na escola. “Eles estão liberando mais cedo porque não está tendo lanche, e estamos perdendo matéria, é sempre o último tempo. Eles liberam a gente 10h, ou 10h15, e o horário normal é 10h30”, contou.

O que diz a SED - A SED (Secretaria Estadual de Educação) afirmou que foi comunicada pela direção da escola e “solicitou providências para que a escola não deixasse de oferecer merenda no período noturno”.

“A Superintendência de Administração de Pessoal – SUGESP/SED está empenhada em resolver o problema, no entanto, para realizar a contratação de um profissional para atender a escola necessitamos realizar Concurso Público ou Processo Seletivo Simplificado”, afirmou.

Ainda de acordo com a secretaria, o governo autorizou a realização do concurso. “Nesta semana será publicado no Diário Oficial do Estado a abertura de Processo Seletivo Simplificado para que possamos realizar a devida contratação e contemplar a escola, até que ocorra a homologação do concurso público e a efetivação de servidores concursados”, declarou.

A secretaria também afirma verificar a possibilidade de remover algum servidor efetivo de outra unidade para a escola.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions