ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Direto das Ruas

No meio do lamaçal, comerciante improvisa ponte para não perder clientes

Asfalto na Avenida Quatro não tem rede de drenagem e água fica acumulada mesmo quando acaba a chuva

Gabrielle Tavares | 08/02/2023 14:52

Um dia após temporal, moradores e comerciantes do Nova Campo Grande ainda são afetados pela falta de infraestrutura do bairro. As águas continuam acumuladas nas vias mesmo quando o sol resolve aparecer. Na manhã desta quarta-feira (8), a solução encontrada pela proprietária de um sacolão, Fabiana de Souza Pereira, foi improvisar uma ponte para os clientes.

"Depois que chove, continua vazando água por uns 15, 20 dias", explicou Fabiana. Por isso, o marido dela resolveu comprar o pedaço de madeira e tentar salvar as vendas que ficam prejudicadas. Ela relata que quando o tempo fecha, o prejuízo chega a R$ 2.500 por dia no comércio.

"Não consigo vender nada, enquanto essa água não diminui. Não tem como os clientes pararem, tem que passar dentro da água, não tem como. Aí meu marido comprou uma tábua grossa. A gente tem que colocar direto, principalmente agora em janeiro e fevereiro, que está tendo muita chuva", ressaltou.

Ponte improvisada no sacolão. (Foto: Jairton Bezerra)
Ponte improvisada no sacolão. (Foto: Jairton Bezerra)

O problema se evidenciou após obras na Avenida Quatro, próximo de onde fica o sacolão, na Avenida Nove. De acordo com Fabiana, a água da chuva no asfalto novo não tem vazão e desce para o restante do bairro.

Além disso, a via recém-recapeada já está cheia de buracos devido ao acúmulo de água. "Ontem, caiu dois motoqueiros em um buraco, também caiu um carro e quebrou o para-choque", apontou Fabiana.

Ontem (7), na Rua Vinte e Um, esquina com a Avenida Quatro, a via alagou e a força da enxurrada chegou a invadir a calçada. O auxiliar comercial Roberto Soares da Silva, 37 anos, relatou que desde que o asfalto chegou na região, há pouco mais de um ano, os alagamentos em dias de chuva são frequentes.

Buraco na Avenida Quatro. (Foto: Jairton Bezerra)
Buraco na Avenida Quatro. (Foto: Jairton Bezerra)

“Fizeram o esgoto, colocaram o asfalto, mas não fizeram boca de lobo. Mesmo que eles coloquem os bueiros vai ter que abrir de novo o asfalto para fazer a drenagem da água fluvial”, reclamou.

A Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) alegou que as obras de requalificação do Nova Campo Grande ainda estão em curso e a abertura das bocas de lobo é a última etapa dos trabalhos. Conforme a pasta, são mais de 300 intervenções que estão em andamento na região.

Direto das Ruas - O vídeo chegou pelo Direto das Ruas, o canal de interação dos leitores com o Campo Grande News. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos sejam feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias