A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

27/09/2019 13:23

Podas desfiguram árvores, bloqueiam calçadas e moradores reclama

Moradores do Jardim São Lourenço foram surpreendidos com corte radical e sujeira deixada no passeio público

Jones Mário e Fernanda Palheta
Podas acabaram com sombra de moradores da Rua Ibirapuera (Foto: Direto das Ruas)Podas "acabaram com sombra" de moradores da Rua Ibirapuera (Foto: Direto das Ruas)

O analista de sistemas Jorge Chama Júnior levou um susto ao voltar para casa na quinta-feira (27), no Jardim São Lourenço, em Campo Grande, e encontrar desfigurada a árvore que oferecia sombra à sua casa. Os galhos removidos da ficus estavam espalhados pela calçada da Rua Ibirapuera e assim permaneciam até a manhã desta sexta (28).

Segundo Chama Júnior, a poda foi executada pela Energisa, que adota o procedimento quando a árvore oferece perigo à fiação de alta e baixa tensão. Ele garante que não solicitou e tampouco foi informado sobre o corte. Ao questionar a concessionária, foi informado que os galhos recortados poderiam ser recolhidos somente na segunda-feira (30).

Árvores ficaram desfiguradas após cortes realizados no Jardim São Lourenço (Foto: Fernanda Palheta)Árvores ficaram desfiguradas após cortes realizados no Jardim São Lourenço (Foto: Fernanda Palheta)

“Acabaram com a minha sombra”, lamentou o analista de sistemas. Moradora da mesma rua, Sely Roberto reconhece que a árvore ameaçava os fios de energia, mas concorda com o vizinho. “Acabaram com a árvore”, disse.

Nesta sexta, a reportagem encontrou equipe da Energisa na mesma rua. Os técnicos revelaram que novas podas seriam executadas no local.

O Campo Grande News procurou a Energisa e questionou sobre os procedimentos de identificação e critérios para podas, cuidados tomados, comunicação aos moradores e limpeza dos restos deixados. Não houve retorno até a publicação da matéria.

Calçadas estavam obstruídas até a manhã desta sexta-feira (Foto: Direto das Ruas)Calçadas estavam obstruídas até a manhã desta sexta-feira (Foto: Direto das Ruas)

Semadur - De acordo com orientação da Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana), qualquer procedimento que afete as árvores, em via pública ou terreno próprio, exigem autorização da prefeitura.

Quem deseja remover, podar ou plantar árvores na Capital deve preencher requerimento e levar até a CAC (Central de Atendimento ao Cidadão), localizada na Rua Marechal Rondon, 2.655, munido de documentos pessoais e da localização precisa das plantas. Somente o dono do imóvel ou representante legal pode fazer o requerimento.

A Semadur alerta ainda que remoção, poda ou danos à árvores em vias públicas são passíveis de multa e punição, conforme Lei de Crimes Ambientais.



Realmente uma vergonha!
Podam as árvores sem qualquer cuidado e deixam os restos na rua e calçada.
Parece um serviço sem fiscalização e parece que não há para que reclamar.
 
jari dvino em 27/09/2019 17:17:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions