A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

29/06/2018 16:33

Com aporte de R$ 600 milhões, fábrica de MDF será inaugurada quarta-feira

GreenPlac, que integra o Grupo Asperbras, é a primeira fábrica do produto no Estado e prevê geração de até 900 empregos em Água Clara

Humberto Marques
GreenPlac tem potencial para gerar 200 empregos diretos e 700 indiretos na região de Água Clara. (Foto: Priscilla Peres/Semagro)GreenPlac tem potencial para gerar 200 empregos diretos e 700 indiretos na região de Água Clara. (Foto: Priscilla Peres/Semagro)

Será inaugurada na quarta-feira (4) a primeira fábrica de MDF (Madeira de Média Densidade) de Mato Grosso do Sul. A GreenPlac, do grupo Asperbras, recebeu investimentos de R$ 600 milhões e tem potencial para gerar até 900 empregos –sendo 200 diretos.

Tratada como a mais moderna fábrica de madeira certificada do Brasil, a GreenPlac tem potencial para fabricar 250 mil metros cúbicos de MDF e começa a operar já tendo em vista uma futura ampliação da produção. A construção teve início em 2015, abrindo um novo nicho de mercado para Mato Grosso do Sul –sendo referência em reflorestamento e placas de madeira de média densidade.

Conforme a Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), o empreendimento simboliza o resultado da política de desenvolvimento econômico e atração de empreendimentos implantada na gestão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), permitindo a diversificação da matriz econômica e abertura de postos de trabalho em uma região que registra poucas oportunidades de trabalho.

“Demos mais um passo na diversificação, interiorização e agregação de valor às matérias primas que nós temos em Mato Grosso do Sul. É isso o que a GreenPlac representa para o Estado. É esse o resultado da nossa política de desenvolvimento econômico e atração de investimentos”, comenta o titular da Semagro, Jaime Verruck.

Valor – A fábrica foi instalada em Água Clara, cidade com pouco mais de 14 mil habitantes, com potencial de gerar empregos na proporção de 6% da população. “A geração de emprego em uma cidade como esta possibilita que muitas pessoas estudem e fiquem no município, constituam famílias e gerem renda para a região. Isso é desenvolvimento para o Estado a partir da valorização da mão de obra local”, destacou Verruck.

A capacidade de produção da GreenPlac ainda poderá ser ampliada em três vezes sem a necessidade de novas obras ou aumento da demanda de energia. Trata-se do maior investimento da Asperbras em 50 anos de atuação no Brasil, Europa e África.

A intenção é aproveitar parte dos quase 1,1 milhão de hectares de eucalipto plantados no Estado. Atualmente, dois terços dessa produção florestal é destinado às unidades de fabricação de celulose da Fibria e da Eldorado em Três Lagoas.

“Há uma sobra, significativa, de aproximadamente 300 mil hectares de eucalipto no Estado. Nós, no governo estadual, temos auxiliado na busca de mercado para esse excedente. Daí a importância da inauguração da GreenPlac. Ela é hoje a empresa mais moderna que temos no país em termos de tecnologia, preparada para ampliação”, argumentou o secretário, tratando a empresa como “um player novo no mercado de MDF que tem como clientes potenciais as empresas do setor de móveis. É nesse segmento que temos feito a prospecção para atrair novos empreendimentos”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions