A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

17/02/2015 15:20

Consumidores fazem fila em posto de combustível com preço antigo na "promoção"

Vanda Escalante e Michel Faustino
Preço menor gerou fila em posto da avenida Três Barras (Foto: Marcelo Calazans)Preço menor gerou fila em posto da avenida Três Barras (Foto: Marcelo Calazans)

Com novo reajuste valendo para o preço na bomba, os postos de combustível de Campo Grande estão sendo objeto de pesquisa por parte do consumidor nesta terça-feira de Carnaval. Desde ontem (16), está autorizado o reajuste de até R$ 0,12 por litro de gasolina. É o segundo reajuste do mês, determinado em função do novo PMPF (Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final), determinado pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária).

Em Mato Grosso do Sul, conforme a nova tabela, o litro da gasolina pode ser cobrado por R$ 3,5848. No entanto, como os postos ainda têm estoque, os preços na tarde desta terça ainda variavam entre R$ 3,37 e R$ 3,49.

Um posto com promoção, na Avenida Três Barras, teve fila durante a tarde e garante preço menor pelo menos até a Quarta de Cinzas. Como o posto só vende a dinheiro (não aceita cartão de débito ou crédito), a administração do estabelecimento explica que consegue, normalmente, manter os preços por litro um pouco abaixo da concorrência.

Com a gasolina a R$ 3,22, a previsão é que a "promoção" dure mais uns dois dias, ou "pelo menos até amanhã". Depois disso virá o aumento, mas a direçoa do posto ainda não tem definido qual será o novo valor.

Cliente fiel do posto, o cabeleireiro Luciano Dias, de 30 anos, estava na fila para completar o tanque. Ele contou que sempre abastece ali justamente por conta do preço mais baixo, mas que, mesmo assim, gasta cerca de R$ 300 por mês com combustível. Disse também que depende do carro para ir e vir do trabalho, mas como tem também uma moto, já pensa na possibilidade de mudar os hábitos. "Se apertar muito, vou ter que usar a moto, que é mais econômica", afirmou.

Luciano Dias, consumidor: Se apertar, vou usar a moto (Foto: Marcelo Calazans)Luciano Dias, consumidor: "Se apertar, vou usar a moto" (Foto: Marcelo Calazans)

Novos preços - Com o novo aumento, o preço médio do diesel passa a R$ 3,0963/litro, o que representa aumento de R$ 0,09 em comparação com o valor médio de R$ 3,004, aplicado segundo última pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

A tabela dos valores de referência coloca Mato Grosso do Sul em segundo lugar entre os preços mais altos do país. O primeiro é o Acre, com preço médio de R$ 3,7452 par a gasolina e R$ 3,3192 para o diesel. Em seguida, está o Distrito Federal, para o qual o estabelecido é R$ 3,4700 para gasolina e R$ 2,8580 para o diesel. O menor preço ponderado para gasolina é de Pernambuco, R$ 2,9130.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions