A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

14/05/2010 08:41

Desemprego caiu 13% no primeiro trimestre deste ano

Redação

Dados do Ministério do Trabalho apontam que os pedidos de seguro-desemprego em Mato Grosso do Sul caíram 13% no primeiro trimestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2009 e o setor industrial é o principal responsável pela redução dos índices de desemprego.

De janeiro a março deste ano, foram recebidos 28.197 pedidos do benefício por trabalhadores demitidos das empresas. Já no ano passado foram 32.649.

No setor industrial, fortemente afetado pela crise econômica mundial entre o fim de 2008 e início de 2009, os pedidos de seguro-desemprego atingiram 6.820 no primeiro trimestre do ano passado e desta vez foram 4.598, redução de 32%.

O destaque é para as indústrias de alimentos, bebidas e álcool etílico. No ano passado, 4.499 funcionários demitidos de indústrias deste segmento requereram o benefício e neste ano foram 2.689, ou seja, 40% a menos. Isso porque no ano passado frigoríficos instalados no Estado promoveram demissões em massa.

Outro setor que apresentou queda acentuada nos pedidos de seguro-desemprego foi a construção civil, agora novamente aquecida.

Nos três primeiros meses do ano passado, foram recebidos 3.380 pedidos de seguro contra 2.321 neste ano, queda de 31%. No setor agropecuário também houve redução, assim como no comércio, embora menos expressiva. Já na área de serviços os pedidos de seguro-desemprego aumentaram.

Nos três primeiros meses do ano houve acréscimo de 9.833 postos de trabalho em Mato Grosso do Sul, segundo o último Caged (Cadastro Geral de Empregados e Demitidos), o que significa que o total de empregos formais aumentou em 2,54%.

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions