A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

27/04/2017 17:47

Greve não vale como desculpa para deixar de pagar conta nesta sexta-feira

Paulo Nonato de Souza
As contas com vencimento nesta sexta-feira podem ser pagas normalmente em caixas eletrônicos (Foto: Arquivo/Divulgação)As contas com vencimento nesta sexta-feira podem ser pagas normalmente em caixas eletrônicos (Foto: Arquivo/Divulgação)

Quem tem conta para vencer nesta sexta-feira, 28, dia da greve geral contra as reformas da Previdência, trabalhista e terceirização, propostas pelo governo Michel Temer, não poderá usar a manifestação como desculpa para deixar de fazer o pagamento, anunciou a Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

Em nota, a Febrabran assegurou que os pagamentos de contas nesta sexta-feira devem ocorrer normalmente pelos caixas eletrônicos, internet banking, aplicativo do banco no celular, serviço telefônico do banco e também pelos correspondentes bancários.

É importante ficar alerta, considerando que os bancários de Campo Grande também vão participar da manifestação, segundo informou o secretário de Comunicação do Sindicato dos Bancários, José dos Santos Brito.

"Estamos chamando para a greve todos os bancários, a intenção é parar tudo. As agências do centro de Campo Grande, principalmente, vão parar", destacou José dos Santos Brito em entrevista ao Campo Grande News nesta quinta-feira, 27, pela manhã.

Os Correios também não devem funcionar nesta sexta-feira. Os trabalhadores do setor entraram em greve por tempo indeterminado na última quarta-feira, 26, e entre os motivos para a paralisação estão as ameaças de privatização e de demissões, além do fechamento de agências.

Em nota, a direção dos Correios informou que por enquanto a paralisação é parcial e não tem afetado o atendimento. Diz que as agências estão abertas em todas as regiões do país e serviços como Sedex e Banco Postal estão disponíveis, suspensos apenas os serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12 e Sedex Hoje).

Em resposta à greve, Correios dizem adotar plano para evitar prejuízos
Enfrentando uma greve de funcionários desde quarta-feira (26), a direção dos Correios afirma que sempre esteve aberta ao diálogo com os representante...
Sem reforma, 80% do Orçamento irão para a Previdência, diz Meirelles
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (22) que vê possibilidades concretas de aprovação da reforma da Previdência. Após participar de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions