A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 26 de Maio de 2017

08/05/2017 17:42

Indústria de MS vai intensificar posicionamento favorável às reformas

Hoje começa a programação do Mês da Indústria

Osvaldo Junior
Sérgio Longen durante coletiva na tarde de hoje (Divulgação)Sérgio Longen durante coletiva na tarde de hoje (Divulgação)

A indústria de Mato Grosso do Sul vai intensificar, neste mês, seu posicionamento quanto às reformas trabalhistas, da Previdência e outras mudanças que ocorrem no País. Na tarde desta quinta-feira (08), a Fiems (Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul) deu início à programação do Mês da Indústria.

“A reforma trabalhista trará mais segurança jurídica para as relações de trabalho”, afirmou o presidente da Fiems, Sérgio Longen, durante coletiva de imprensa. Entre os pontos da reforma destacados por ele, está o fim da contribuição obrigatória aos sindicatos. “Isso vai acabar com a “pelegagem'”, disse, em referência ao que considera atuação indevida das entidades sindicais.

O presidente da Fiems também afirmou ser necessária a reforma da Previdência Social, mas considera que a discussão precisa ser aprofundada. “O corte dos gastos fiscais não tem muito efeito com o aumento dos gastos com a Previdência. Em Mato Grosso do Sul, por exemplo, esse ano fecha com mais de R$ 1 bilhão em deficit previdenciário”, argumentou. No entanto, conforme Longen, não há posicionamento definido da indústria quanto à reforma da Previdência. “Ela é necessária, mas precisamos discutir como será feita”, acrescentou.

Programação – Na noite de hoje, a partir das 19h30, Sérgio Longen vai proferir palestra sobre o “Programa Fiems Atuante” e sobre o IGDI (Índice Geral de Desempenho Industrial). Na sequência, às 20h, está prevista palestra com o governador Reinaldo Azambuja.

Na quarta-feira (10), haverá a palestra “Como explorar com eficiência os recursos digitais”, com Álvaro Vasques, CEO da Opt3 Marketing Digital.

A programação continua na próxima semana. O destaque é a reunião, marcada para as 18h de segunta-feira (dia 15) da bancada federal para discutir as reformas. O encontro terá adpresença do jornalista Heraldo Pereira. Ele também profere palestra sobre o assunto, no mesmo dia, a partir das 20h.

Desempenho – Durante a coletiva, Sérgio Longen também apresentou dados relativos ao desempenho do setor industrial em Mato Grosso do Sul. “De janeiro a março de 2017, o setor registrou um superávit de 2.578 empregos gerados. Este número confere confiança suficiente para afirmar que, hoje, a indústria ancora um dos principais pilares da economia do Estado”, afirmou.

Segundo o presidente, o setor industrial emprega 128.178 trabalhadores em Mato Grosso do Sul e deve alcançar os 129.500 empregados até o fim deste ano. “Estamos caminhando para frente, a passos curtos, mas para frente”, ressaltou, informando que o número de indústrias também vem crescendo gradativamente - eram 4.221 estabelecimentos industriais em 2007 e chegar a 8.215 em 2017.

O PIB industrial é um dos números mais surpreendentes. Era de R$ 4 milhões há 10 anos, chegou a R$ 15,2 milhões quando a crise econômica começou a se desenhar em 2014 e deve fechar o ano em R$ 20,2 milhões. As exportações do setor também cresceram substancialmente: chegavam a US$ 827 milhões em 2007 e podem alcançar a marca de US$ 2,7 bilhões em 2017.

Evento em março quer aproximar empresários de indústrias de celulose
Está marcado para acontecer nos dias 28, 29 e 30 de março, a 3ª edição da feira Três Lagoas Florestal. O evento é voltado para produtores e empresári...
Segmentos da indústria se reúnem para debater estratégias do setor
Representantes dos sindicatos das indústrias de Construção, Cerâmica e Extrativa Mineral se reúnem hoje em uma rodada dos “Encontros Setoriais da Ind...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions