A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/10/2011 16:28

Mato Grosso do Sul registra recorde na produção de carvão vegetal

Edmir Conceição
Parte da produção é desdtinada à pela siderúrgica Vetorial Siderurgia, com bases em Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Corumbá e Campo Grande.
Parte da produção é desdtinada à pela siderúrgica Vetorial Siderurgia, com bases em Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Corumbá e Campo Grande.

Os produtores de carvão vegetal de Mato Grosso do Sul tem muito a comemorar com sua produção, para o início do último trimestre do ano de 2011. De acordo com o presidente do Sindicato das Indústrias e dos Produtores de carvão vegetal do Estado, o SindiCarv, o mês de setembro foi muito produtivo, produzindo mais de 120 mil metros de carvão vegetal, consumidos pela siderúrgica Vetorial Siderurgia, com bases em Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Corumbá e Campo Grande.

Essa meta, para os produtores de carvão vai muito além de números, e sim um fato que representa como o setor se recuperou da crise nos últimos anos e que a atividade está cada vez mais em crescimento. “Nos últimos três anos, o setor passou pela crise financeira e continuou firme mesmo com alguns problemas, pois sempre acreditamos no potencial que o carvão tem isso também se dá ao apoio do governo do Estado que contribuiu com redução de taxas, a TMF, por exemplo, e outras ações de incentivo a produção, isso foi determinante para que hoje, nossa atividade esteja batendo recordes de produção no ano, não podemos deixar de destacar a força que os produtores unidos têm, hoje o setor se mantêm e está em plena recuperação”, comemora Marcos Brito, presidente do Sindicato.

Além do momento econômico não favorecer em algumas situações, outro grande problema era o embargo de caminhões, problemas de transporte, além de multas consideradas injustas pelos produtores, emitidas pelos órgãos fiscalizadores, colocando o carvão vegetal como produto de substância perigosa, (onde foi confirmado não ser produto de combustão espontânea), porém, em cima de muitas reuniões, protestos, pedidos de apoio político para melhorar a situação dos produtores, as solicitações foram sendo conquistadas pouco a pouco, motivo que comprova o crescimento da atividade de carvão vegetal.

Com metas cumpridas e o setor de carvão vegetal cada vez mais em crescimento, o governador André Puccinelli, demonstra sua satisfação pelo apoio oferecido aos produtores. “O objetivo do desempenho em contribuir com o setor de carvão vegetal é justamente para que ele cresça ainda mais, e eu falo de números, o governo apoia porque acredita, a redução da TMF foi um divisor de águas para o crescimento, e o que o setor precisar com certeza estaremos a disposição no que pudermos fazer, o importante é o Estado crescendo e se desenvolvendo para o Brasil”, destaca o governador. A meta é produzir mais de 200 mil metros de carvão vegetal até o fim de 2011.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions