A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

02/06/2018 10:32

MS é um dos estados em que redução do diesel deve chegar aos R$ 0,46

Federação afirma que redução estadual na pauta fiscal e no ICMS ajudarão a garantir preço menor

Ricardo Campos Jr.
Diesel vendido por R$ 3,69 na Capital (Foto: Marina Pacheco)Diesel vendido por R$ 3,69 na Capital (Foto: Marina Pacheco)

Mato Grosso do Sul é um dos estados em que a redução no preço do diesel deverá se aproximar mais dos R$ 0,46 prometidos pelo Governo Federal, segundo análise da Fecombustíveis (Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes). Isso acontece porque a subvenção nacional será acompanhada, no estado, pela queda na pauta fiscal e na alíquota de ICMS.

Durante a paralisação dos caminhoneiros, a União anunciou, além de cortes em impostos, um desconto no valor do produto nas refinarias, que será ressarcido à Petrobras pelo tesouro para não gerar prejuízo.

Contudo, a Fecombustíveis disse à Folha de S. Paulo que a medida se refere ao diesel de petróleo e não leva em conta que nas bombas há o acréscimo de 10% de biodiesel que não sofrerá qualquer reajuste. Dessa forma, a entidade acredita que o repasse sozinho será de, no máximo, R$ 0,41 por litro.

Em algumas unidades da federação, consumidores foram prejudicados por altas sobre o imposto, que dificultará o barateamento.

Mato Grosso do Sul, ao contrário, baixou o valor de referência (usado para calcular o ICMS) do diesel de R$ 3,90 para R$ 3,65 por litro durante a greve dos caminhoneiros e depois anunciou mais um desconto que incidirá diretamente sobre o tributo, que passará de 17% para 12%.

O Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes) do estado acredita que essas medidas locais representarão R$ 0,18 a menos nas bombas.

Contudo, a conta que soma todos os reajustes no estado ainda não foi fechada. Procurado pelo Campo Grande News na sexta-feira, o Sinpetro disse que não falaria mais sobre o assunto pelo menos até segunda-feira, quando há uma reunião agendada para tratar do assunto.

Além disso, a redução no ICMS precisa passar pelo crivo da Assembleia Legislativa, o que deve acontecer somente na semana que vem.

Em nota divulgada na noite desta sexta, segundo a Folha de S. Paulo, a BR Distribuidora diz que já iniciou o repasse integral das desonerações concedidas pelo governo ao preço do diesel e cita São Paulo como estado onde o valor chega a R$ 0,46 por litro.

Na Capital, ainda não houve qualquer alteração nas tabelas, já que os postos estão vendendo o produto comprado no preço antigo que ainda têm em estoque. Somente quando houver a reposição dos reservatórios com o combustível mais em conta .



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions