A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

22/02/2019 14:00

MS tem a 3ª menor taxa de desemprego do último trimestre, aponta Pnad

Taxa ficou em 7,0% no 4º trimestre de 2018, ficando atrás de Santa Catarina (6,4%) e Mato Grosso (6,9%).

Gabriel Neris
Feira em frente ao Ministério do Trabalho em Campo Grande (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)Feira em frente ao Ministério do Trabalho em Campo Grande (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)

Mato Grosso do Sul tem a terceira menor taxa de desemprego entre pessoas de 14 anos ou mais do Brasil, de acordo com a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A taxa ficou em 7,0% no 4º trimestre de 2018, ficando atrás de Santa Catarina (6,4%) e Mato Grosso (6,9%).

Conforme a Pnad, a taxa de desocupação no Estado estava em 7,3% no último trimestre de 2017, enquanto de julho a setembro do ano passado era de 7,2%. Em Campo Grande a taxa de desocupação saltou de 5,1% no último trimestre de 2017 para 6,1% do mesmo período do ano passado.

O Estado também aparece entre as unidades federativas onde a desocupação média anual caiu. As menores taxas registradas foram em observadas em Santa Catarina (6,4%), Mato Grosso do Sul (7,6%) e Mato Grosso (7,9%).

As maiores taxas médias anuais foram encontradas no Amapá (20,2%), Alagoas (17%) e Pernambuco (16,7%).

Mato Grosso do Sul é o 4º Estado com menor percentual de pessoas de 14 anos ou mais de idade ocupadas por conta própria no 4º trimestre do ano passado. O Estado chegou a 22,5%, atrás apenas de Santa Catarina (21,8%), São Paulo (21,5%) e Distrito Federal (20,4%).

Conforme a Pnad, o Estado tem o 7º menor percentual de trabalhadores no setor privado sem carteira de trabalho assinada. O índice chegou a 22,0%.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions