A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018

18/10/2017 22:31

Prefeitura negocia instalação de fábrica de carros elétricos na Capital

Nyelder Rodrigues
Equipe da prefeitura reunida com empresários para avaliar a instalação da empresa na cidade (Foto: Divulgação/PMCG)Equipe da prefeitura reunida com empresários para avaliar a instalação da empresa na cidade (Foto: Divulgação/PMCG)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) e membros da equipe administrativa do município receberam na tarde desta quarta-feira (18) empresários do grupo Inova Brasil para discutir uma possível instalação de uma fábrica de carros elétricos em Campo Grande. O encontro aconteceu na Paço Municipal, a pedido do deputado estadual Paulo Corrêa (PR).

O Inova Brasil tem como parceiros a empresa de tecnologia Imefy, que atua na indústria de equipamentos elétricos, e a Brave (Brasil Veículos Elétricos). Um dos pontos fortes de Campo Grande é estar na rota biocênica, que deve ser implantada nos próximos anos, ligando a Capital aos portos do norte do Chile, no oceano Pacífico.

De acordo com os empresários, que têm negócios em toda a América Latina, eles se interessaram em vir para Campo Grande e não para outros municípios devido a forma que a cidade vem atuando quanto aos projetos de inovação tecnológica.

"Por causa da força política, empresarial e industrial que tem se mostrado arrojada em projetos de inovação tecnológica, energias renováveis de sustentabilidade, demonstrando grande esforço em desenvolver novos polos industriais", frisa o engenheiro de produtos da Brave, Neriberto Pamplona.

Outro ponto destacado por Pamplona foi o apoio dado para a geração fotovoltaica em Mato Grosso do Sul, além da boa articulação entre o Poder Público e setor industrial.

"Para concretizar a implantação, o pedido de instalação da fábrica deve passar pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico [Codecon] e posteriormente pela Câmara Municipal", explica Marquinhos Trad.

Já o adjunto da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia), Fernando Pontalti, ressalta que a Capital terá um porto seco e, com a concretização da rota biocênica, se tornara ainda mais atrativa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions