A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Junho de 2018

17/12/2017 10:05

Procon da Capital abre campanha para orientar comércio e consumidor no Natal

Serão realizadas campanha voltada a clientes e fornecedores no Centro e Shoppings e recepção de demandas na praça Ary Coelho

Humberto Marques

O Procon (Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor) de Campo Grande dá início nesta segunda-feira (18) a uma semana de orientação e atendimento ao consumidor, incluindo a possibilidade de renegociação de dívidas e apresentação de denúncias. As ações coincidem com o período que deve ser o pico das vendas de Natal –que será celebrado no próximo domingo.

Conforme Valdir Custódio, superintendente do Procon da Capital, a campanha será realizada entre os dias 18 e 20, no Centro e nos shoppings, “período de grande consumo face a proximidade dos festejos natalinos”. A intenção é focar os consumidores e, também, os fornecedores.

Servidores da subsecretaria vão visitar os estabelecimentos comerciais, entregando panfletos direcionados ao “Consumidor Consciente” e ao “Fornecedor Legal” e interagindo com a população.

Atendimentos – A partir das 12h do dia 20, e até o dia 22 (das 8h às 18h), serão realizados atendimentos de reclamações de consumidores voltadas para empresas e concessionárias de serviços públicos que apresentam expressiva demanda de solicitações encaminhadas ao Procon –como Energisa, Águas Guariroba, operadoras de telefonia, bancos, universidades e operadoras de serviços de saúde, entre outras. O serviço será oferecido na praça Ary Coelho.

Todas as empresas, vão oferecer atendimentos diferenciados e abrirão oportunidade para renegociação de débitos. O Instituto de Protesto de Títulos e a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) participarão das ações, permitindo consulta imediata de restrições de clientes.

A AEM-MS (Agência Estadual de Metrologia) e a Vigilância Sanitária também se farão presentes, assim como a Emha (Agência Municipal de Habitação) – que vai atender a população com o cadastramento de mutuários para programas de habitação.

A expectativa é de que sejam realizados 3.000 atendimentos e até 5.000 orientações nas duas ações, com resolução da grande maioria das demandas apresentadas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions