A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

10/04/2017 20:56

Alegando escalação irregular, Urso tenta eliminar Operário na Justiça

Além do time de Mundo Novo, o Comercial também pretende ingressar com ação contra o maior rival

Nyelder Rodrigues e Richelieu de Carlo

O Operário pode perder a classificação para as semifinais do Estadual 2017 na Justiça. O Urso, equipe derrotada por 3 a 0 e 4 a 1 nas quartas de final de pelo Galo, vai ingressar com uma ação contra o clube, alegando a escalação irregular de um jogador que deveria ter cumprido suspensão de três jogos.

O atleta em questão é o volante Eduardo Arroz, que em 2016 defendeu o Sete. Na semifinal contra o Operário, no jogo de volta, ele foi expulso e cumpriu suspensão automática no duelo de ida da final, contra o Comercial.

Porém, Arroz foi condenado a pena de três jogos de suspensão, a ser cumprida também em torneio regional, no dia 31 de maio, pelo TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul).

Nos registros disponibilizados online pela entidade, não há relatos de que a pena do atleta tenha sido convertida ou alguma mudança que tenha abonado o atleta de cumprir tal suspensão. Ele se transferiu para o Operário no início do ano e jogou em 11 dos 12 duelos disputados - ficou fora apenas de um, cumprindo suspensão automática por três cartões.

E é nisso que se apega a diretoria do Urso e do Comercial, que também deve ingressar com ação, conforme apurou a reportagem. "O Arroz jogou contra nós os dois jogos sem ter cumprido a suspensão imposta pelo TJD, no ano passado", explica o diretor e técnico do Urso, Caetano de Souza, o Jandaia.

A ação deve ser entregue ao TJD nesta terça-feira (11) à tarde e vai requisitar apenas os pontos dos duelos das quartas de final e, consequentemente, a classificação paras as semifinais. Procurada pela reportagem, a diretoria do Operário manifestou tranquilidade quanto ao caso e disse apenas que segue trabalhando.

Comercial - Porém, a situação do Galo pode ficar mais dramática caso outros clubes, sentindo-se prejudicados com a situação, ingressem na Justiça. Um deles é o Comercial, que jogou no mesmo grupo do alvinegro e ficou em segundo lugar.

Eliminada pelo Sete, a equipe colorada pode encontrar nesse suposto erro do Operário uma brecha para retornar ao campeonato. Para isso, seria preciso uma recontagem de pontos que colocaria e Comercial na liderança do Grupo A, e então as quartas de final teriam que ser refeitas. Nesse caso, há também o risco do Galo ser rebaixado.

O elenco do Comercial ainda não foi dispensado, já que o time além de tentar seguir no Estadual, também irá disputar a Série D do Brasileirão. O time do Urso seria dispensado nesta terça-feira, mas as rescisões de contratos foram todas canceladas e a equipe retorna aos treinos de olho em uma possível vaga na semi.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions