A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/11/2013 20:31

Capital vive "onda" verde e torcedores lotam shopping para ver jogadores

Helton Verão
Shopping Norte Sul recebeu mais de mil pessoas, de acordo com a assessoria do Shopping (Foto: Simão Nogueira)Shopping Norte Sul recebeu mais de mil pessoas, de acordo com a assessoria do Shopping (Foto: Simão Nogueira)

Os palmeirenses de Campo Grande estão vivendo dias atípicos, com o sentimento como se o clube Alviverde fosse daqui. Aglomerações na frente do hotel, nos postos de venda, em shopping e nas ruas em geral, a Capital está "mais verde do que nunca".

Em frente ao hotel Bahamas, o plantão está acontecendo desde a chegada da delegação na noite de quinta-feira (21). Na tarde desta sexta-feira (21) cerca de 20 torcedores seguiam a sua vigília na esperança de alguém aparecer.

Por volta das 16h30, um dos postos de vendas mais procurados da cidade, o Gugu Lanches registrava uma das maiores filas dos últimos eventos recebidos na cidade, cerca de 200 pessoas aguardavam para retirar o bilhete. “Estou há meia hora aqui e ainda falta um pouco para chegar minha vez”, conta o autônomo José Ferreira, 59 anos.

Filas eram extensas no Gugu Lanches na tarde desta sexta-feira (22) (Foto: Helton Verão)Filas eram extensas no Gugu Lanches na tarde desta sexta-feira (22) (Foto: Helton Verão)

A poucos quilômetros dali, no Shopping Norte Sul Plaza, uma aglomeração maior, mais de mil palmeirenses foram até o local para ver o capitão e zagueiro Henrique, o goleador Alan Kardec e o técnico Gílson Kleina. “Viemos na esperança de uma foto e um autógrafo”, conta o vendedor Adilson da Silva, 34, junto com os dois filhos, todos uniformizados.

Gritos de guerra, hino, o popular “da-lhe Porco”, cartazes, enfim, todos ali tentavam de alguma forma contagiar os atletas e mostrar carinho. “Vamos corresponder todo esse carinho buscando a vitória neste sábado”, respondeu o técnico Kleina.

“Temos que manter o foco e corresponder essa torcida. O Palmeiras é muito forte, não pode relaxar”, avisou Henrique, quando questionado da hipótese do Verdão com um time relaxado.

Alan Kardec, o artilheiro da equipe na Série B, lembra-se de tudo que a equipe viveu na competição é da força do Palmeiras. “Se não fizermos nosso papel e vencer esses dois próximos jogos será pior”, comenta Kardec.

Kardec, Kleina e Henrique responderam as perguntas e receberam o público no Shopping (Foto: Helton Verão)Kardec, Kleina e Henrique responderam as perguntas e receberam o público no Shopping (Foto: Helton Verão)

Ídolos? - Sobre a responsabilidade de ídolos ‘pós-Marcos’, os dois jogadores fogem deste rótulo e enaltecem novamente o carinho da torcida e falam em reconhecimento. “Responsabilidade de líder de uma geração. Ainda não me vejo neste patamar, mas tudo é fruto do trabalho e do reconhecimento”, avalia Henrique.

Kardec é comparado com muita frequência ao ídolo Evair, o jogador segue a mesma linha do zagueiro, que tudo é fruto do trabalho e ainda não se vê próximo ao atacante famoso da década de 90. “Fico feliz, é consequência do meu trabalho, que fazer o melhor cada vez mais. Se me comparam a ele, significa que alguma coisa de bom eu tenho”, responde Alan.

Onde comprar - São 29 mil ingressos colocados à venda. As bilheterias do Morenão serão abertas a partir das 9 horas deste sábado para vender ingressos.

Também pelo site www.blueticket.com.br

Além do Alviverde paulista, outro “Verdão” garantiu vaga na primeira divisão do ano que vem, a Chapecoense. Brigam pelas outras duas vagas: Sport, Icasa, o próprio Ceará, Figueirense, América Mineiro, Joinville e Avaí.



Tomara que o Plameiras saia vitorioso.
 
Marcos Wild em 23/11/2013 12:16:24
espero que os jogadores do palmeiras retribua o carinho do povo campo grandense dentro de campo e honre a camisa do palmeiras. FICA *Gilson kleina*
 
Osvaldo willian da silva em 23/11/2013 09:20:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions