A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/09/2009 17:37

CBF vistoria Morenão amanhã para jogo contra Venezuela

Redação

O Estádio Pedro Pedrossian, o Morenão, em Campo Grande, será vistoriado neste sábado, às 11 horas, pelo diretor técnico de competições da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Virgílio Elísio. Ele irá definir as mudanças necessárias para o jogo entre Brasil e Venezuela, marcado para 14 de outubro.

Além do diretor da CBF, a vistoria terá as presenças do presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Francisco Cezário e de representantes da Polícia Militar e dos Bombeiros.

A vistoria também será determinante para definir a capacidade do estádio que será liberada. Para a liberação dos estádios, a CBF normalmente exige três laudos: da PM, do Corpo de Bombeiros e da Vigilância Sanitária.

Em março deste ano, o estádio passou por reforma para receber jogo do Misto contra Corinthians, pela Copa do Brasil.

Dos 45 mil lugares, 29 mil foram liberados para venda de ingressos, e isso após reparos na estrutura que cobre a arquibancada.

Se o número for o mesmo, será pouco maior que o de ingressos vendidos para partida entre Brasil e Argentina, que ocorre amanhã, ás 20h30 (MS), no estádio Gigante de Arroyito, em Rosário (AR), com 28 mil lugares disponibilizados.

Os lugares haviam sido interditados no ano passado, por problemas apresentados que poderiam comprometer a segurança do torcedor.

Na época, o MPF (Ministério Público Federal) constatou que pequenos pedaços de concreto se soltavam da marquise, o que poderia causar ferimentos ou ainda o chamado "efeito manada", caso a queda de um fragmento causasse pânico no público.

Os reparos na marquise da arquibancada começaram no dia 27 de março, com homens em três turnos de trabalho que terminaram.

Para receber a equipe da CBF neste sábado, os reparos já começaram no gramado do Morenão.

Caso a vistoria deste sábado tenha resultado positivo, o próximo passo será definir valores de ingresso e postos de venda para o jogo no dia 14 de outubro.

Na Argentina, as entradas mais baratas custam 100 pesos argentinos (equivalente a R$ 49) e as mais caras custam 350 pesos (R$ 120).

A seleção brasileira lidera as eliminatórias com 27 pontos, seguida pelo Chile, com 26, e pelo Paraguai, com 24.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions